Ronaldinho some em jogo e decepciona como referência brasileira

Ronaldinho some em jogo e decepciona como referência brasileira

Ao longo do um minuto e 31 segundos que teve a bola no pé, Ronaldinho não conseguiu ter sucesso em nenhum lance agudo.

Ronaldinho ganhou de Mano Menezes a função de ser a referência da Seleção Brasileira até a Copa do Mundo de 2014. Porém, mais uma vez, o meio-campista ficou devendo futebol na vitória brasileira por 2 a 1 diante da Bósnia-Herzegovina, nesta terça-feira, no AFG Arena, em St. Gallen.

É esperado de Ronaldinho um futebol participativo, uma presença que intimide os adversários. Um jogador que comande o time técnica e moralmente. Contra a Bósnia, o meio-campista mostrou um futebol parecido com o que tem praticado no Flamengo: apagado.

Ao longo do um minuto e 31 segundos que teve a bola no pé, Ronaldinho não conseguiu ter sucesso em nenhum lance agudo. Teve bom aproveitamento de passes (90%), mas a maioria foi de lado, sem a genialidade que marcou sem melhores tempos. Jogou como armador, mais longe da área do que o costume, e falhou na criação.

O jogador eleito duas vezes melhor do mundo pela Fifa na década passada deu apenas um chute no gol, em falta na entrada da área. Acertou a barreira e repetiu o que fez contra o México, em outubro: um gol de falta em um jogo em que não brilhou. Ele deixou o campo aos 15min do segundo tempo para entrada de Ganso consciente de que, para ser o jogador que Mano espera, precisará evoluir.

Veja os números de Ronaldinho, segundo o Footstats:

Posse de bola: 1min31

Finalizações certas: 0

Finalizações erradas: 1

Passes certos: 35

Passes errados: 3

Perdas de bola: 5

Cruzamentos certos: 1

Cruzamentos errados: 2

Desarmes: 0

Dribles certos: 3

Dribles errados: 0

Faltas cometidas: 0

Faltas recebidas: 1

Lançamentos certos: 2

Lançamentos errados: 4

Fonte: Terra