Ronaldo é dúvida em partida contra o Vasco

No Corinthians, comissão técnica e médico adotam discursos diferentes

Ronaldo joga ou não contra o Vasco na quarta-feira, no Rio de Janeiro, pelas semifinais da Copa do Brasil? Ao que tudo indica, a resposta para essa pergunta deve virar uma novela. No Corinthians, comissão técnica e médico adotam discursos diferentes. O jogador, por sua vez, admitiu que com a lesão na panturrilha direita atuou em três jogos (dois com o Fluminense e um com o Botafogo).

Fã de suspense quando o assunto é escalação, o treinador do Timão jogou a decisão sobre a presença do Fenômeno no importante jogo para segunda-feira.

- Vamos falar sobre a questão do Ronaldo apenas na segunda-feira, como combinamos na última coletiva. Não adianta falarmos agora. Neste sábado ele fez um trabalho de piscina, sem forçar a musculatura. Se o veredicto fosse agora, as chances eram pequenas. Mas até segunda pode mudar ? discursou o comandante.

Para o médico Júlio Stancati, que tem avaliado a evolução do Fenômeno, as chances são pequenas em qualquer uma das circunstâncias, seja hoje, amanhã ou depois.

- A lesão dele não é grave, mas a chance de jogar contra o Vasco é pequena. Ele teve um contratura e o tempo de recuperação é de sete dias ? falou Stancati.

O problema com Ronaldo foi tornado público depois do empate por 2 a 2 com o Fluminense, no Maracanã, jogo que assegurou o Corinthians nas semifinais da Copa do Brasil. Naquele dia, o camisa 9 falou em coletiva que vinha atuando no sacrifício havia três partidas e que descansaria contra o Barueri, neste sábado.

Assim que a delegação corintiano voltou a São Paulo, o craque foi realizar um exame para saber a gravidade da lesão. Para alívio, nada grave. Tanto que logo depois disso, os discursos no clube não apontavam nenhuma preocupação. Com a proximidade da partida, no entanto, a dúvida paira no ar.

Fonte: GloboEspote, www.globoesporte.com