Ronaldo pede surgimento de novo Fenômeno: "Quero que seja logo"

Ronaldo também criticou: "O futebol vive o retrato do nosso país"

Considerado um dos maiores jogadores de todos os tempos, Ronaldo Fenômeno completa, no domingo 14 de fevereiro, cinco anos de aposentadoria. Durante entrevista  para o "Tá na Área",o ex-craque falou sobre o surgimento de novos nomes para o futebol brasileiro. Incisivo, fez criticas e abordou o sistema político do futebol nacional.

Segundo o jogador,  "Não existe ninguém insuperável, insubstituível. Eu quero que seja logo. A gente teve gerações incríveis, de jogadores com muita atitude. Às vezes muito marrento, criando histórias. Isso, principalmente no Brasil, movimenta muito o futebol. As declarações, provocações. A gente não tem nada disso hoje. Uma pena". 

Ele pediu a saída de Marco Polo Del Nero da CBF e exigiu mudanças significativas para o futebol atual. "A necessidade de mudança é muito clara. O nosso sistema é falido. A gente vê manobras, por exemplo: a manobra do ex-presidente Marco Polo Del Nero, sendo investigado, muda o estatuto, convida mais um de maior idade para ser o vice-presidente e manter o mesmo sistema. E a gente assiste sem poder fazer nada, porque o sistema está permitindo isso", acrescenta.

Ronaldo, que recentemente rebateu criticas do ex-treinador do Real Madrid, se diz indignado com os escândalos envolvendo dirigentes de importantes instituições do futebol mundial, como da Fifa e CBF. 

"O futebol vive o retrato do nosso país. A gente espera que mude. Todos os escândalos - na política como no futebol - nós queremos que se esclareçam. E que criem um sistema que não seja tão fácil de ser corrupto ou que seja um sistema muito transparente. E que nós não passemos uma situação tão difícil como essa que a gente está passando", criticou. 

Ronaldo Fenômeno
Ronaldo Fenômeno





Fonte: Com informações do Globo Esporte