Rubro-negros pedem o hexa do Flamengo ao padroeiro

Com a benção do padroeiro, o Flamengo entra em campo nesta quarta-feira

O jogo contra o Barueri, na noite desta quarta-feira, em São Paulo, pela 32ª rodada do Campeonato Brasileiro, impediu o elenco do Flamengo de seguir a tradição. Entretanto, torcedores fizeram seu papel e compareceram em bom número nesta quarta-feira à Igreja de São Judas Tadeu, no Cosme Velho (Zona Sul do Rio), para pedir bênçãos ao padroeiro do clube em nome do Fla na reta final da competição. E uma vitória na partida desta noite, que pode levar a equipe à liderança do Nacional.

Na data em que se celebra o Dia do Torcedor Rubro-Negro e também do santo padroeiro foram realizadas missas em que o Flamengo foi lembrado em orações. A celebração mais representativa aconteceu às 10h e contou com a presença do presidente Marcio Braga. Durante o restante do dia, no entanto, não era difícil encontrar flamenguistas devidamente trajados pedindo uma forcinha na luta pelo título brasileiro.

Rubro-Negra fanática, Maria Goreti de Souza, conhecida como Dona Zica, de 60 anos, não perdeu a oportunidade de pedir graças em nome do clube do coração. Nesta quarta, ela repetiu uma rotina comum em todo 28 de outubro. Acordou bem cedo e chegou à Igreja às 6h.

- De manhã estava muito cheio. Teve até queima de fogos. Foi muito bonito. O padre pediu o apoio, pediu paz nos estádios. Contra o Barueri não vai ter tropeço. Estamos todos unidos e com muita fé - disse a rubro-negra, que veste a camisa do clube sempre que sai de casa.

Com a benção do padroeiro, o Flamengo entra em campo nesta quarta-feira, para encarar o Barueri, às 21h50m (de Brasília), na Arena Barueri, pela 32ª rodada do Brasileirão. O Rubro-Negro tem 51 pontos e ocupa a quinta colocação na tabela. Para dormir na liderança, é preciso vencer por uma diferença de pelo menos três gols e torcer por um empate entre São Paulo e Internacional, que se enfrentam no Morumbi.

Fonte: GloboEspote, www.globoesporte.com