Santa vence fora, decreta freguesia do Sport e é tricampeão pernambucano

O Santa Cruz foi à Ilha do Retiro neste domingo para fazer história

O Santa Cruz foi à Ilha do Retiro neste domingo para fazer história. A vitória por 2 a 0 contra o arquirrival Sport ajudou o time tricolor a erguer a taça do tricampeonato pernambucano, que não era conquistado pelo clube desde 1971, e ainda consolidar a recente "freguesia" do adversário no torneio estadual.

Penta entre 2006 e 2010, o Sport perdeu as últimas três decisões do Pernambucano para o próprio Santa Cruz e perdeu a chance de somar mais três canecos para sua sala de troféus. Já o Santa chegou aos 27 títulos e está agora a 12 do rival, recordista absoluto de conquistas na região.

A última vez que o Santa Cruz havia conseguido a façanha de faturas três taças consecutivas em Pernambuco foi em 1971, quando faturou o penta entre 1969 e 73. E o triunfo deste domingo foi adquirido na raça, com grande atuação de toda a equipe tricolor em solo adversário.

Vitorioso no primeiro jogo, ao triunfar por 1 a 0 no Arruda, o Santa Cruz precisava apenas de um empate para erguer o 27º caneco estadual de sua história. E foi assim, com tranquilidade, que segurou o ímpeto ofensivo do Sport, que precisava vencer a qualquer custo, e fez valer a vantagem.

O gol do título foi marcado aos 25min do primeiro tempo. Raul fez lançamento longo perfeito para Flávio Caça-Rato que, livre, driblou Magrão e marcou para se consagrar. A sequência do jogo foi nervosa, mas o Santa Cruz soube como administrar obtida no duelo de ida para conter o nervosismo do Sport e ser tricampeão. No fim, Sandro Manoel ainda fez o segundo.

Fonte: Terra, www.terra.com.br