Santos admite cinco propostas oficiais de europeus por Neymar

Santos admite cinco propostas oficiais de europeus por Neymar

Dessa vez, os clubes foram éticos e procuraram primeiro o Santos manifestando a disposição de depositar a multa

O presidente do Santos, Luis Alvaro de Oliveira Ribeiro, admitiu nesta segunda-feira que cinco clubes europeus - ele não cita quais, mas Chelsea e Real Madrid estão na lista - procuraram o Peixe dispostos a pagar a multa rescisória de ? 45 milhões (R$ 102 milhões) para levar Neymar. O dirigente diz que autorizou os interessados a procurarem os representantes do jogador, que está na Argentina, se preparando para a disputa da Copa América.

- Dessa vez, os clubes foram éticos e procuraram primeiro o Santos manifestando a disposição de depositar a multa. Ano passado, o Chelsea fez o contrário e foi diretamente nos representantes do jogador. Santos, inclusive, fez denúncia de aliciamento - reiterou Luis Alvaro ao GLOBOESPORTE.COM. O dirigente já havia falado sobre essas propostas durante sua participação no programa Arena SporTV, quinta-feira passada.

O dirigente afirma que está nas mãos de Neymar aceitar ou não. No entanto, ele adota um discurso seguro e acredita que, como aconteceu no ano passado, o astro vai recusar mais uma vez as ofertas para permanecer no Peixe pelo menos até o fim do ano, para a disputa do Mundial Interclubes, no Japão.

- Eles vão procurar o jogador, farão ofertas, mas tenho a esperança de que o Neymar irá recusar. Não é um bom negócio para ele sair agora. A Copa do Mundo de 2014 será aqui, os olhos do Mundo estarão voltados para o Brasil. Se ele permanecer, conquistar o Mundial Interclubes, os Jogos Olímpicos e, quem sabe, a Copa, se transforma em um ídolo, um mito nacional e parte para a Europa com uma imagem consolidada - discursa.

Luis Alvaro lembra que Neymar já ganha um salário de nível europeu atuando no Santos, entre o ordenado mensal e mais as verbas dos contratos de publicidade do qual é protagonista.

- Ele já ganha muito bem. Vive perto da família, dos amigos, na cidade que adora, em um clube que lhe dá toda estrutura. Não tem motivo para sair neste momento. Eu acredito que ele ficará - conclui o dirigente.

Fonte: GloboEspote, www.globoesporte.com