Santos afasta Neymar da rodada e reavalia a situação do jogador somente na segunda-feira

Santos afasta Neymar da rodada e reavalia a situação do jogador somente na segunda-feira

Diretoria santista decide afastar o craque

O presidente Luis Alvaro de Oliveira Ribeiro atendeu o pedido do treinador Dorival Júnior e afastou o atacante Neymar do elenco profissional do Santos. O período da punição, porém, é que não foi o mesmo que Dorival desejava.

Segundo Luis Alvaro, o treinador solicitou que Neymar fosse afastado do grupo profissional por tempo indeterminado. A presidência santista anunciou que o atacante não enfrenta o Guarani, no domingo, e tem sua situação reavaliada na reapresentação de segunda-feira.

Dorival Júnior, ao contrário do que foi anunciado anteriormente, não se pronunciou para a imprensa. Apenas Luis Alvaro falou e sequer aceitou responder as perguntas dos repórteres no CT Rei Pelé.

Neymar, na quinta-feira, já havia sido repreendido pela direção santista, que divulgou nota confirmando multa salarial e exigência de uma drástica mudança de comportamento dentro e fora do campo.

A origem do imbróglio se deu na quarta-feira. Neymar, que já havia se envolvido em confusões contra Avaí e Ceará, desferiu palavrões a Dorival Júnior por ver negado seu desejo de cobrar um pênalti contra o Atlético-GO.

Confira declarações do presidente santista:

"Havia um desconfronto por um problema de comunicação da medida tomada pela direção do Santos pela indisciplina do Neymar e a ampliação da pena pretendida pelo treinador Dorival Júnior.

Nós conversamos ao estilo corrente da minha relação com ele: duas pessoas adultas e equilibradas, com o objetivo comum de fazer desse período do Santos uma página nova na história do clube. Ao fim disso, nós nos cumprimentamos e encontramos uma solução que atende aos interesses especialmente do Santos e do atleta.

A diretoria foi procurada por Dorival Júnior, que solicitou o afastamento do Neymar por um período indeterminado pelos atos de indisciplina cometidos contra o Atlético-GO. A diretoria havia entendido que a multa era suficiente para que o assunto fosse resolvido, mas a partir do nosso encontro de hoje, e os novos apelos do treinador, entendi que uma solução conciliatória deveria ser tentada.

O atleta Neymar, por decisão unânime da presidência e da comissão técnica nessa conversa que tivemos, está afastado em um primeiro momento da partida contra o Guarani. Não viaja para Campinas e fica no CT treinando durante o período, de acordo com a programação no clube, e terá sua situação reavaliada após a reapresentação. Reiteramos liderança e confiança no trabalho do Dorival Júnior".

Fonte: Terra, www.terra.com.br