Santos assume vice-liderança do Brasileirão

Com a vitória, a segunda consecutiva, o time santista chegou a oito pontos

Mesmo sem mostrar um bom futebol, o Santos conseguiu vencer o Guarani por 3 a 1, na noite desta quarta-feira, no estádio da Vila Belmiro, pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro.

Com a vitória, a segunda consecutiva, o time santista chegou a oito pontos e passou a ser o vice-líder, com dois pontos a menos do que o líder Corinthians, que empatou com o Grêmio Prudente por 2 a 2, em Presidente Prudente.

Já o Guarani conheceu sua primeira derrota na competição e permanece com cinco pontos. Nas três rodadas anteriores, o time de Campinas obteve uma vitória e dois empates

No confronto desta quarta-feira, o técnico Dorival Júnior contou com o meia Paulo Henrique Ganso e os atacantes Neymar e André, que estavam afastados por indisciplina. Os três jogadores chegaram atrasados na concentração na última quinta-feira, antevéspera do jogo contra o Atlético-GO --vitória da equipe da Vila Belmiro por 2 a 1.

Já Madson, que também havia sido punido, não foi relacionado para a partida. Outro que não participou do jogo foi Robinho, que está com a seleção brasileira.

Assim, Dorival Júnior escalou a equipe no esquema 4-4-2. Marquinhos entrou no meio de campo e a dupla de ataque foi formada por André e Neymar.

E foi Neymar quem abriu o placar na Vila Belmiro. Aos 2min, Neymar recebeu pelo lado esquerdo, cortou para o meio e finalizou fraco, mas no contrapé do goleiro Douglas, que não conseguiu defender: 1 a 0

Mesmo jogando fora de casa, o Guarani não se intimidou e quase empatou com Baiano cobrando falta. A bola raspou no travessão e saiu. Aos 39min, em nova cobrança de falta, Baiano acertou o canto e empatou a partida.

No segundo tempo, o Santos voltou um pouco melhor. Aos 11min, Zé Eduardo, que substituiu Marquinhos, tentou de fora da área e Douglas rebateu. Neymar ficou com a sobra e finalizou, mas o goleiro pegou. A bola ficou ainda com André, que chutou e Douglas conseguiu salvar novamente.

O Guarani ameaçava nos contra-ataques, mas falhava na hora da finalização.

De tanto insistir, o Santos conseguiu chegar ao segundo gol. Léo fez bela jogada pela esquerda e cruzou para Marcel, que havia entrado no lugar de Neymar, cabecear e marcar. Dois minutos depois, André fez o terceiro e fechou o marcador.

Fonte: Folha Online, www.folha.com.br