Santos confirma contratação de Bernardo, por empréstimo

Superintendente do Peixe diz que já resolveu pendências com o Vasco


Santos confirma contratação de Bernardo, por empréstimo
Depois de retirar a ação trabalhista que o deixou sem clima no Vasco, Bernardo passará a vestir a camisa do Santos em 2012. De acordo com o empresário do meia, Léo Rabello, ele será emprestado ao time de Neymar até o fim do ano com preço dos direitos econômicos fixado. Agora, Bernardo é aguardado na Vila Belmiro para exames médicos e assinatura do contrato, o que, segundo o procurador e o próprio jogador, deve acontecer até a próxima terça-feira.

- Estou esperando apenas o Vasco me liberar para fazer os exames médicos e assinar o contrato. Acredito que isso acontecerá segunda ou terça-feira. Da minha parte está tudo acertado. Estou aliviado por saber que em breve vou poder voltar a fazer o que mais gosto, que é jogar futebol - disse o meia, através de sua assessoria de imprensa, ressaltando que sentirá falta dos companheiros e da torcida vascaína:

- Deixarei muitos amigos no Vasco e um carinho enorme pela relação que tive com o torcedor durante esse período.

Superintendente de futebol do Santos, Felipe Lobo Faro, diz que as últimas pendências com o Vasco já foram resolvidas.

- Começamos a negociar há três dias e definimos os detalhes pendentes. Ele vem por empréstimo. Nosso departamento jurídico já está trabalhando na minuta do contrato. No começo da semana que vem estará tudo pronto para o jogador assinar. É um empréstimo até 31 de dezembro. O Santos tem opção de adquirir 100% do jogador - confirmou.

Faro explica ainda que o Peixe vinha mantendo a negociação em sigilo porque Bernardo movia uma ação na Justiça contra o Vasco.

- Sabíamos que havia essa pendência. Nos informamos sobre o caso. Eles acabaram entrando num acordo judicial há dois dias. Precisava disso feito para evoluirmos na negociação. É um jogador com perfil que gostamos, jovem, mas com certa experiência, muito bom jogador. É amigo de Neymar e de outros jogadores nossos por convivência em Seleções de base - concluiu o dirigente, garantindo que o Peixe não está pagando nada pelo empréstimo.

Na última terça-feira, o vice de futebol do clube, José Hamilton Mandarino, já havia dito que as chances de reintegração de Bernardo eram muito remotas e que o clube da Colina estava perto de liberar o empréstimo desde que não fosse para outro grande do Rio de Janeiro.

Bernardo, no entanto, não poderá disputar a Libertadores com a camisa do time da Vila Belmiro. Isso porque o regulamento da competição não permite que atletas inscritos por um clube atuem por outro. É o caso do meia, que foi inscrito pelo Vasco com o número 20 e chegou a ficar no banco de reservas na estreia do Cruz-Maltino, contra o Nacional-URU, em São Januário. No ano passado, o Santos passou por situação semelhante ao contratar o Borges, que já havia atuado pelo Grêmio e não também pôde disputar a Libertadores.

O Vasco investiu R$ 3 milhões na compra do jogador no fim do ano passado. No dia 15 de fevereiro, ele entrou com ação na Justiça salários, luvas e Fundo de Garantia, atitude que causou insatisfação no restante do elenco. Bernardo tem contrato com o clube da Colina até o fim de 2015.

Fonte: Globo Esporte, www.globoesporte.com