Santos dá primeiro passo para saber se volta de Robinho é "factível" ao time

Clube descarta pressão em jovens e consulta Milan para saber quanto terá de desembolsar caso queira contratar o "Rei das Pedaladas" mais uma vez

O capitão Edu Dracena pediu jogadores mais experientes para serem mesclados com os garotos que estão ganhando espaço no time do Santos, e a diretoria parece que tem o mesmo pensamento do zagueiro. Tanto que está no mercado atrás de reforços que possam contribuir com o desenvolvimento dos novos Meninos da Vila.

- Acho que hoje, se você pegar um clube como o Santos, vencedor e que briga por títulos, e jogar toda a responsabilidade em jogadores da base, além de criar uma expectativa ruim, que prejudica os jogadores, pode não ter a resposta imediata, que é o desejo de torcedor. Tem de mesclar isso, juntando jogadores que venham para ser titulares e a molecada - disse o vice-presidente do clube, Odílio Rodrigues.

Entre estes jogadores pretendidos, está o atacante Robinho. Sem nunca ter escondido que gostaria de repatriar o jogador, a diretoria admite que já deu o primeiro passo para consultar o Milan e saber quanto teria de desembolsar para contratar o "Rei das Pedaladas".

- Na semana passada, conversamos com um representante do Milan, amigo do Santos, por outras razões, e perguntamos o valor do Robinho nesta janela de transferências. Eles ficaram de definir os números, para sabermos se são factíveis. O Robinho é um grande ídolo, um grande jogador, tem identidade com o clube e a torcida pede seu nome com insistência, mas precisamos saber esses valores antes de criar uma expectativa - disse Odílio Rodrigues.

Apesar de tentar contratar Robinho, o Santos não deve ter vida fácil para fechar negócio com os italianos. O Peixe deve esbarrar na pedida do Milan e até do próprio atleta. Além disso, mesmo atrás de reforços experientes, o clube deverá priorizar nomes que tenham um custo baixo.

Fonte: GloboEsporte