Santos faz 3 gols na Vila e enterra rebaixado Palmeiras

Santos faz 3 gols na Vila e enterra rebaixado Palmeiras

Neymar deu o último toque fúnebre à campanha do Palmeiras

O Palmeiras foi enterrado neste sábado, em Santos. A cerimônia começou fora da Vila Belmiro, com velório simbólico feito pela torcida santista, e terminou em campo, quando Neymar liderou o anfitrião a uma vitória de virada por 3 a 1, na última rodada do Campeonato Brasileiro. Trata-se do último ato do time paulistano, rebaixado pela segunda vez, enquanto o Santos fechou um campeonato em que teve poucas pretensões.

Neymar deu o último toque fúnebre à campanha do Palmeiras: fez dois gols e deu uma assistência na Vila Belmiro, comandando a virada depois do gol de Maikon Leite, ex-Santos. Desta forma, o time da Baixada fecha o Brasileiro na 10ª colocação, longe de brigar pelo título ou pela Copa Libertadores.

Já o Palmeiras foi definitivamente enterrado, depois de ser matematicamente rebaixado à Série B do Campeonato Brasileiro há duas rodadas. O time que terá de se reerguer terminou o Brasileiro com apenas 34 pontos ganhos, na 18ª posição, sendo 22 derrotas em 38 partidas disputadas.

O Palmeiras começou melhor na partida e abriu o placar logo aos 4min, em longo lançamento de Barcos para Maikon Leite. O jogador recebeu em velocidade pela direita do ataque e bateu cruzado com força para estufar as redes. O Santos demorou para se encaixar em campo, mas quando o fez não precisou de muito para vencer o sistema defensivo palmeirense, conseguindo boa vantagem ainda antes do intervalo.

O empate veio aos 13min, quando Pato Rodriguez lançou Neymar, que passou pelo goleiro Raphael Alemão e, sem ângulo no lado esquerdo da área, tocou para o meio, onde Victor Andrade apareceu de carrinho para completar. Aos 21min, Neymar recebeu novo passe dentro da área e sofreu pênalti depois de ser puxado pelo zagueiro argentino Román. O palmeirense foi expulso e, na cobrança, o camisa 11 virou o placar.

O terceiro gol veio aos 28min, mais uma vez com Neymar, que recebeu passe pelo alto e, dentro da área, dominou e tocou entre as pernas de Maurício Ramos, forte demais para a reação do goleiro Raphael Alemão. A participação nos três gols santistas ficou barato para o craque, já que desperdiçou oportunidade incrível aos 33min, quando recebeu cruzamento e bateu com o gol vazio, mas acertou o travessão e errou a cabeçada no rebote.

O segundo tempo na Vila Belmiro contou com uma queda drástica de ritmo, especialmente após os 10min, quando Alan Santos parou contra-ataque de Artur e recebeu o segundo amarelo, sendo expulso e igualando o número de jogadores em campo. O anfitrião chegou mais no campo de ataque, mas além de poucas jogadas de efeito de Neymar, não conseguiu empolgar o torcedor.

Nos 20min finais, o clima da torcida não teve nada a ver com o que acontecia no gramado. Enquanto os palmeirenses cantavam ?Palmeiras o nosso sentimento nunca irá se acabar?, os santistas provocavam com cantos em referência ao rebaixamento do rival, já decretado há duas rodadas.

Fonte: Terra