Dirigentes do Santos asseguram Ganso até a Taça Libertadores

Dirigentes do Santos asseguram Ganso até a Taça Libertadores

Uma nova investida do Porto-POR será capaz apenas de resultar na transferência do meia em agosto.

Paulo Henrique Ganso vai jogar a Libertadores pelo Santos. Os dirigentes do clube já asseguram a presença do camisa 10 na competição por conta do encerramento da janela internacional de transferências nesta terça-feira. Uma nova investida do Porto-POR será capaz apenas de resultar na transferência do meia em agosto.

?Isso nem foi cogitado por nós (Ganso não jogar a Libertadores). O jogador tem o interesse, o clube também, e não adianta qualquer clube do mundo tentar mudar isso. Os boatos vão acabar, pois a janela vai fechar. Não vamos vender o Ganso?, destacou o presidente santista, Luis Alvaro de Oliveira Ribeiro.

De acordo com o Blog do Perrone, o Porto já perdeu as esperanças de contratar Ganso imediatamente e já traça planos para ter o meia no segundo semestre.

?Não estamos abertos para nenhuma negociação com o Ganso. A nossa expectativa é a de que ele cumpra o contrato em vigência e siga honrando o Santos como sempre fez?, avisou Luis Alvaro.

A primeira investida do Porto foi no valor de 8 milhões de euros (aproximadamente R$ 18 milhões), quantia considerada baixa pelo Santos. Mesmo sem esperanças, os dirigentes portugueses devem apresentar uma nova oferta antes do encerramento da janela.

A multa rescisória de Paulo Henrique Ganso está estipulada em 50 milhões de euros (cerca de R$ 120 milhões).O Santos é detentor de 45% dos direitos econômicos do meia. Os 55% restantes são pertencentes ao Grupo DIS, investidores que há tempos estão em atrito com os dirigentes santistas.

Ganso tem contrato com o Santos até fevereiro de 2015. O atual salário do meia é de R$ 130 mil. Recentemente, o camisa 10 vendeu os 10% dos direitos econômicos que pertenciam a ele ao Grupo DIS por R$ 5 milhões. O Santos teve o direito de cobrir a propostas, mas rejeitou a compra.

Fonte: uol.com