Santos atropela Catanduvense na Vila Belmiro: 5 a 0

Santos atropela Catanduvense na Vila Belmiro: 5 a 0

Os belos gols que garantiram a vitória foram marcados por Paulo Henrique Ganso (dois), Borges (dois) e Neymar

Em festa pelo centenário do clube, o Santos derrotou neste domingo na última rodada do Campeonato Paulista na Vila Belmiro o lanterna Catanduvense por 5 a 0. Os belos gols que garantiram a vitória foram marcados por Paulo Henrique Ganso (dois), Borges (dois) e Neymar, e deixam a equipe alvinegra encerrando a primeira fase da competição na terceira colocação. O time de Muricy Ramalho enfrenta nas quartas de final o Mogi Mirim.

O primeiro gol dos alvinegros foi uma verdadeira pintura de Paulo Henrique Ganso. O armador viu o goleiro adiantado e mandou por cobertura, sem chances defesa para Filippi. Já o segundo foi anotado por Borges, que aproveitou a boa jogada de Neymar na direita para balançar as redes adversárias.

No segundo tempo, o Santos tratou de colocar o seu favoritismo à prova no marcador e anotou mais três. Neymar, Ganso e Borges foram os responsáveis por colocar números finais ao placar da Vila Belmiro.

Com a vitória, o Santos assegurou o terceiro lugar no Campeonato Paulista, com 39 pontos. Dessa forma, o time comandado pelo técnico Muricy Ramalho enfrentará o Mogi Mirim nas oitavas de final do Estadual. O Catanduvense, por sua vez, termina sua melancólica campanha na última colocação, com apenas 13 pontos somados na competição.

O jogo

Soberano durante os 90 minutos da partida, o Santos não deu espaço para que o Catanduvense criasse jogadas de ataque e dominou a partida de forma tranquila. A equipe chegou à meta adversária já no primeiro lande do jogo, quando Borges tocou de calcanhar para que Arouca finalizasse da entrada da área. O tiro saiu forte e exigiu boa defesa do goleiro Filippi.

A equipe alvinegra chegou ao primeiro gol com uma obra de arte do meia Paulo Henrique Ganso aos 24min. Após boa troca de passes na entrada da área, o armador recebeu de seu companheiro e percebeu Filippi adiantado. O atleta não hesitou e mandou por cobertura, fazendo com que a bola caísse caprichosamente no fundo das redes.

O golaço do meia trouxe ainda mais tranquilidade para os comandados de Muricy Ramalho e levou o time a tentar jogadas ainda mais ousadas no decorrer da primeira etapa. A postura ofensiva foi determinante para que a equipe chegasse ao segundo gol na partida, com o centroavante Borges.

Neymar fez grande jogada individual dentro da área e limpou Cleber do lance. O atleta encontrou espaço e tocou para que Borges, aos 32min, empurrasse para o gol vazio, impedindo qualquer reação do já batido Filippi.

Infernal no confronto, Neymar ainda agraciou o torcedor com outro lance de efeito. O jogador recebeu passe dentro da área, dominou no peito e levantou a bola para si mesmo. Depois de encontrar a altura certa, o jogador aplicou uma bicicleta e exigiu que o goleiro do Catanduvense se posicionasse bem para evitar o terceiro do Alvinegro.

Com a proximidade do intervalo, os dois técnicos procuraram acertar alguns detalhes em suas equipes e tomaram decisões que determinaram a goleada do Santos no confronto. Mesmo com a entrada de Moreilândia, a Bruxa viu Neymar ganhar mais espaço no ataque e criar lances de perigo nos minutos que se seguiram.

O atacante aparecia bem nas laterais do campo e trocava passes com facilidade com os demais jogadores santistas. A velocidade do atleta fez com que o Catanduvense abusasse das faltas, dando a oportunidade para o Peixe concluir através da bola parada. Aos 16min, Elano arriscou em cobrança da entrada da área e viu o goleiro Filippi se esticar todo para evitar o gol.

Exigido pelos alvinegros, o arqueiro não conseguiu repetir a boa defesa três minutos mais tarde e viu Neymar deixar o seu na partida. O atacante aproveitou cruzamento rasteiro de Henrique e chutou forte para brindar o torcedor que clamava por um tento seu neste domingo.

Abatido com mais um gol sofrido, o Catanduvense não foi páreo para o meio-campo do Santos e sofreu o quarto após belo passe de Borges para Ganso. Quando o marcador apontava 25min, o jogador se infiltrou na área e tocou com categoria, no canto de Filippi, para sacramentar a goleada alvinegra.

Mesmo com o grande resultado obtido, o Santos não abriu mão do ataque e continuou pressionando a Catanduvense. Aos 35min, Borges quase ampliou com um novo golaço. O jogador arriscou por cobertura e acertou o travessão do goleiro adversário. Na sequência, Ganso tentou completar para o gol, mas foi flagrado em impedimento.

Se neste lance Borges não levou sorte, Neymar tratou de presentar o centroavante na jogada seguinte. O atacante se livrou da marcação de Moreilândia e partiu em velocidade. Na cara do goleiro, o jogador não foi fominha e tocou de lado para que o seu companheiro completasse para as redes vazias.

Impossível, Neymar ainda protagonizou dois lances incríveis antes do apito final. Aos 40min, o jogador invadiu a área e buscou o canto do goleiro Filippi. Entretanto, a bola passou rente ao poste e saiu pela linha de fundo.

Na sequência, o atacante brincou na frente de seu marcador e aplicou um lindo drible no adversário. Quando partia em velocidade, o atleta recebeu um carrinho por trás e viu Jeferson receber o cartão vermelho no último lance de efeito do duelo.

Fonte: Terra