Santos tenta parcelar pagamento e fechar com Robinho nesta semana

Peixe ainda quer negociar compra do atacante por R$ 17,4 milhões, mas pretende pagar valor em três vezes. Clube terá reuniões nos próximos dias

O Santos está otimista para repatriar Robinho e espera um final feliz nos próximos dias. Informado sobre as exigências do Milan, que baixou de ? 10 milhões (R$ 29 milhões) para ? 8 milhões (R$ 23,24 milhões) a pedida pelo atacante, o Peixe já marca reuniões para o começo desta semana com o objetivo de convencer os italianos a negociar o jogador por ? 6 milhões (R$ 17,4 milhões), aceitando o parcelamento do pagamento em três vezes.


Santos tenta parcelar pagamento e fechar com Robinho nesta semana

O vice-presidente do Santos, Odílio Rodrigues, admite que o parcelamento é uma das condições do clube praiano para a negociação, mas mantém o discurso cuidadoso dos últimos dias, salientando a importância de que os valores desejados pelo Milan nas tratativas baixem um pouco mais.

- Tudo depende de números. A advogada (Marisa Alija, procuradora de Robinho) retornou de Milão. Então vamos nos reunir. Por enquanto, ainda é uma operação difícil. Precisamos de números menores. Vamos ver o que acontece. O parcelamento é uma possibilidade, sim - resume o dirigente.

O tempo, no entanto, é inimigo do Santos, já que a janela de transferências internacionais no Brasil fecha no próximo dia 15. Embora monitore jogadores que atuem no exterior, o Peixe entende que, além de atender aos anseios da torcida por reforços, o Rei das Pedaladas é um nome de peso, identificado com a torcida santista e que, mesmo com uma idade considerada avançada (29 anos) e apesar do custo elevado - o que já fez o jogador não ser uma unanimidade nos bastidores -, pode trazer resultado dentro de campo.

- Quando se fala em jogador, a gente pensa em dois tipos de retorno: esportivo e econômico. Quando a gente contrata um atleta com o Robinho, não imagina o retorno econômico, mas esportivo. É dele entrar no time, jogar bem e ficar à vontade com a equipe - reconhece Odílio.

Robinho tem vontade de retornar ao Santos e já deixou isso claro à diretoria do Milan. Tanto que o Rei das Pedaladas aceita uma redução em relação aos salários que recebe na Itália. Na Velha Bota, o seu retorno à Vila Belmiro é dado como praticamente certo. De acordo com a Gazzetta dello Sport, principal jornal de esportes do país, o jogador sequer foi relacionado para a reapresentação do clube rubro-negro, que acontece nesta segunda-feira.

Fonte: GloboEsporte