Santos vai à CBF para evitar convocações de seus jogadores

Santos vai à CBF para evitar convocações de seus jogadores

O presidente do Santos jogou a toalha

O presidente do Santos jogou a toalha. Luís Álvaro de Oliveira Ribeiro disse nesta sexta-feira que, ?certamente, não vai dar mais para ganhar o título? do Campeonato Brasileiro. Ele lembrou que a prioridade da equipe é outra: ?Nosso planejamento é estar no Japão na hora certa, com o time preparado e jogadores prontos para disputarem a partida da vida deles?.

Uma das medidas que os santistas pretendem tomar para levar o time ao Mundial Interclubes é negociar com a CBF. Afinal, o Santos tem cedido jogadores para as equipes de base e para a principal, o que - neste semestre ? tem impedido o técnico Muricy Ramalho de montar a formação que considera ideal.

O volante e lateral Danilo, já negociado com o Porto, é um exemplo. Ele está com a seleção Sub-20, que decide o título mundial na Colômbia neste sábado. Ao voltar, já tem compromisso: vai integrar o selecionado principal no amistoso com Gana, no dia 5 de setembro, em Londres.

?O Santos vem sendo punido pela competência de revelar bons jogadores. Vamos ter que pedir à direção da CBF que nos ajude. O título mundial de clubes é do interesse da nação. Para um amistoso contra o Gabão, por exemplo, o Mano Menezes (treinador do Brasil) e a CBF poderiam evitar que nosso time seja desfalcado?, afirmou o presidente.

Longe do título, mas perto do rebaixamento, o Santos anda tirando o sono de Luís Álvaro. ?Não dormi ontem (quinta-feira) pensando na derrota para o Coritiba (2 x 3). Não estamos satisfeitos?, disse ao programa Primeiro Tempo, no canal Bandsports.

Os santistas estão em 17° lugar no Brasileiro, com 15 pontos ganhos e duas partidas a menos do que outras equipes. A avaliação de Muricy Ramalho é de que há tempo, qualidade e futebol para o time afastar a ameaça de rebaixamento e passar a pensar no Mundial.

Mesmo assim, dirigentes e comissão técnica andam abismados com a sequência de maus resultados. ?O que causa estranheza para mim, para o Muricy (Ramalho, treinador) é como estes resultados se acumulam em pouco espaço de tempo. Em alguns jogos, o time foi mal, mas em outros jogou bem. Tivemos vários acidentes de percursos. O Santos é useiro e vezeiro em perder pênaltis em momentos importantes?, falou Luís Álvaro.

Em conversa com o Blog do Boleiro, o presidente fez um confissão: até acha bom que o Santos perca a aura de vencedor na mídia mundial. Ele gostaria de ver o time chegar como ?zebra? no Mundial Interclubes que terá a participação do Barcelona, atual campeão europeu.

?Eu prefiro chegar desacreditado no Japão e com o Barcelona considerado o grande favorito. Assim, a cabeça de nossos jogadores estará motivada para uma disputa de onze contra onze. Vamos poder lembrar de contendas como Davi e Golias ou mesmo da luta entre George Foreman e Muhammed Ali (Zaire, 30 de outubro de 1974) quando o primeiro era o favorito. Ali apanhou como garoto malcriado, mas no fim venceu por nocaute (no oitavo round)?, afirmou.

Fonte: Terra, www.terra.com.br