Santos vence Cruzeiro por 4 a 2 no reencontro com Borges

Em jogo de seis gols, o Santos voltou para o intervalo em vantagem.

Na partida que marcou o reencontro do atacante Borges com o Santos, os substitutos do atacante, Bill e Victor Andrade, desencantaram e a equipe paulista derrotou o Cruzeiro por 4 a 2, na noite desta quarta-feira, no Estádio da Vila Belmiro, em duelo válido pela 15ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Em jogo de seis gols, o Santos voltou para o intervalo em vantagem. Felipe Anderson marcou um golaço e abriu o marcador aos 21min. Sete minutos depois, Borges demonstrou seu fato de artilheiro e igualou o placar no estádio localizado na Baixada Santista. Porém, três minutos depois, Victor Andrade fez seu primeiro tento como jogador profissional.

No início do segundo tempo, Ceará acertou bela cobrança de falta e voltou a empatar o marcador, aos 5min. Depois, o Santos deslanchou com gols de Durval, aos 14min, e de Bill, aos 32min, para quebrar um jejum de quase dez meses sem balançar as redes.

A vitória faz o Santos abrir uma pequena folga da zona de rebaixamento. O time paulista ganhou dois lugares na tabela de classificação e soma 16 pontos na 14ª posição. O próximo adversário da equipe de Muricy Ramalho será o Atlético-GO, sábado, às 18h30 (de Brasília), em duelo que acontecerá no Estádio do Pacaembu.

Já o Cruzeiro segue sem regularidade na Série A. É a terceira derrota do time nas quatro últimas partidas. Com a grande distância para o bloco que briga para se livrar das últimas posições, o clube se mantém na oitava colocação da competição com 23 pontos. Na próxima rodada, os mineiros encaram o Bahia no sábado, às 18h30 (de Brasília), em Pituaçu.

O jogo

O Santos começou a partida na Vila Belmiro e teve a primeira oportunidade em uma falta inexistente. Léo se jogou na entrada da área e o árbitro carioca Rodrigo Nunes de Sá marcou infração. Adriano cobrou falta colocada e Fábio se esticou bem para defender. Porém, não conseguiu evitar o gol santista aos 21min. Felipe Anderson arriscou de fora, o arqueiro cruzeirense ainda desviou, mas não evitou o bonito gol do camisa 10.

A partida marcou o reencontro do centroavante Borges com o Santos. Após sair da equipe paulista em baixa, o atleta do Cruzeiro retornou à Vila Belmiro com um gol. Aos 28min, o lateral Ceará cobrou falta na área, o zagueiro Léo desviou na segunda trave e Borges aproveitou, finalizou de virada no canto de Aranha e igualou o placar para os visitantes.

Mas a igualdade no placar não demorou muito tempo e o Santos marcou pela segunda vez três minutos depois. Leandrinho recebeu passe de Bill e avançou até a linha de fundo pelo lado esquerdo da área. O meia tocou para o centro da área e Victor Andrade completou na pequena área para o funo das redes. O time mineiro ainda reclamou de um gol mal anulado de Wallyson, aos 35min, por impedimento.

O time mineiro voltou com duas alterações no segundo tempo, com Élber e Charles nos lugares de Wallyson e Sandro Silva. E o empate aconteceu aos 5min em lance de muita felicidade de Ceará. O jogador cobrou falta da ponta esquerda, a bola pegou curva, enganou o goleiro Aranha e entrou para o fundo das redes da Vila Belmiro, garantindo o segundo tento cruzeirense.

Com a partida aberta, o Santos partiu para cima e mais uma vez reassumiu a liderança do placar com o apoio da pequena torcida que compareceu ao estádio. Aos 14min, Felipe Anderson cobrou falta na área e o goleiro Fábio espalmou. Bruno Rodrigo finalizou cruzado e a bola sobra para Vitor Andrade, que arrematou. O zagueiro Durval demonstrou oportunismo e deu um carrinho para anotar o terceiro tento santista.

Ainda restou tempo para Bill desencantar com a camisa do Santos. Aos 32min, o lateral Bruno Peres recebeu na direita, avançou e cruzou rasteiro para o meio da área. O camisa 9 apareceu sozinho na pequena área e apenas completou para o fundo das redes. Foi o primeiro gol de Bill desde o dia 17 de novembro do ano passado, quando defendia o Coritiba, na derrota por 2 a 1 para o Atlético-MG.


Santos vence Cruzeiro por 4 a 2 no reencontro com Borges

Fonte: Terra