Santos vence Ponte e sai da zona de rebaixamento

O Santos marcou o primeiro gol em bela tabela entre Bruno Peres e o garoto Vitor Andrade,

O jejum do Santos de quatro partidas sem gols e sem vencer acabou neste domingo. Em partida com final emocionante, a equipe praiana derrotou a Ponte Preta por 2 a 1, no Estádio da Vila Belmiro, em duelo válido pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro. O lateral Bruno Peres e o argentino marcaram para os donos da casa e Roger descontou para o clube campineiro.

O Santos marcou o primeiro gol em bela tabela entre Bruno Peres e o garoto Vitor Andrade, aos 37min do primeiro tempo. O lateral tocou para o companheiro, recebeu passe de letra e finalizou cruzado para vencer o goleiro Roberto. A Ponte assustou no segundo tempo e empatou com gol de Roger, aos 37min, mas Miralles garantiu a vitória quatro minutos depois.

A equipe praiana deixou a zona de rebaixamento com a vitória neste domingo. Agora, os comandados do técnico Muricy Ramalho assumiram a 16ª colocação da Série A, com 13 pontos. Para continuar fora da degola, o Santos visitará o Náutico, no próximo domingo, às 18h30 (de Brasília), no Estádio dos Aflitos, em Recife.

Já a Ponte Preta perde uma posição na classificação - para o Corinthians - e está em décimo lugar com 16 pontos. Sem vencer há quatro partidas no Campeonato Brasileiro, a equipe campineira buscará a recuperação contra o Cruzeiro, no próximo domingo, às 18h30 (de Brasília), na Arena Independência, em Belo Horizonte.

O jogo

O início de partida do Santos preocupou os torcedores que compareceram na noite deste domingo na Vila Belmiro. Logo aos 2min, André Luís aproveitou indecisão do volante Adriano, roubou a bola, invadiu a área, mas finalizou fraco para defesa de Aranha. Mas aos poucos, a equipe da casa melhorou na partida e apresentou um bom futebol, mesmo que as finalizações continuassem não funcionando.

Aos 14min, Henrique tocou para o atacante, que fez o pivô e devolveu para o volante chutar para o gol. A finalização saiu forte e o goleiro Roberto preferiu espalmar para escanteio. Sete minutos depois, Adriano roubou a bola no meio-campo e tocou para Bill. Em vez de devolver para o companheiro, o centroavante finalizou de bico para fora do gol, causando a ira do camisa 8 santista.

Com toques rápidos e objetivos, a equipe praiana conseguiu envolver o adversário e chegou ao gol aos 37min. O lateral direito Bruno Peres avançou, tocou para o jovem Vitor Andrade, que tabelou com um toque de letra, e deixou o companheiro na cara do gol para finalizar cruzado e abrir o marcador na Vila Belmiro. Em outra tabela, o Santos desperdiçou chance aos 45min. Bill recebeu de Léo e arrematou colocado ao lado do gol.

Ao contrário dos quarenta e cinco minutos iniciais, a Ponte Preta voltou agressiva na etapa final em busca do gol de empate na Vila Belmiro. Aos 7min, o experiente meia Marcinho cobrou falta direto para o gol e Aranha espalmou para escanteio. Porém, a pressão da equipe campineira não traduziu em muitas oportunidades criadas e os donos da casa administraram o resultado.

Mas aos poucos, a pressão aumentou e o Santos passou a contar com a sorte. Aos 33min, Marcinho alçou bola na área em cobrança de falta e Thiago Alves apareceu livre na área para cabecear a bola e acertar o travessão. Aranha, que apenas olhou a primeira finalização, se antecipou a Roger no rebote e segurou a bola. No minuto seguinte, Roger finalizou colocado de fora da área e Aranha fez boa defesa.

O sistema ousado no segundo tempo funcionou e a Ponte Preta conseguiu empatar a partida aos 37min. Rildo passou por Durval e tocou na área para o centroavante Roger. O jogador dominou e finalizou cruzado para igualar o placar na Vila Belmiro e marcar seu oitavo gol no Campeonato Brasileiro. E quando o placar parecia decidido, Miralles dividiu com Roberto e marcou o gol da vitória santista aos 41min.

Fonte: Terra