São Marcos deu uma gorda esmola ao mendigo palmeirense

Fato ocorreu um dia após derrota por 7 a 2 para o Vitória, na Copa do Brasil de 2003



Há duas semanas, o goleiro Marcos sofreu uma das piores derrotas de sua carreira: depois de três meses afastado por contusão, voltou a jogar justamente na derrota por 6 a 0 sofrida pelo Palmeiras contra o Coritiba, pela Copa do Brasil.

Mas esse não foi o jogo em que Marcos levou mais gols em sua vitoriosa carreira. O ?feito? aconteceu num jogo pela mesma Copa do Brasil, mas em 2003, pelas oitavas de final, quando o Palmeiras levou 7 a 2 do Vitória.

Naquele dia 23 de abril de 2003, o Palmeiras ainda recolhia os cacos do rebaixamento e se preparava para a estreia na Série B, que ocorreria três dias depois, contra o Brasiliense. E, como no último dia 5, no Couto Pereira, foi um dia daqueles que não deu nada certo para o Palmeiras ? e muito menos para Marcos, que falhou em três gols do time baiano.

No dia seguinte, o goleiro seguia ao clube para treinar, cabisbaixo, quando parou num semáforo e viu um mendigo pedindo esmolas vestindo uma camisa do Palmeiras - velha, amarrotada e pirata, mas do Palmeiras. O goleiro não teve dúvidas: puxou R$ 50 da carteira, chamou o mendigo e deu o dinheiro a ele.

- Para estar com a camisa do Palmeiras naquele dia, o sujeito devia estar muito na pior. Então eu chamei o cara e dei cinquentão para ele.

Marcos só não contou se desta vez, depois do jogo contra o Coritiba, precisou abrir de novo a carteira...

Fonte: R7, www.r7.com