São Paulo bate Atlético-GO por 2 a 1 e encerra jejum

São Paulo bate Atlético-GO por 2 a 1 e encerra jejum

O resultado aliviou a tensa situação do São Paulo, que viu o primeiro triunfo do interino Sergio Baresi

Após 33 dias, o São Paulo redescobriu o que é vencer no Campeonato Brasileiro. O time paulista recebeu o Atlético-GO no Morumbi nesta quinta-feira e venceu por 2 a 1. O nome do jogo foi o contestado Dagoberto, que perdeu espaço na equipe após a eliminação na semifinal da Copa Libertadores contra o Internacional.

O resultado aliviou a tensa situação do São Paulo, que viu o primeiro triunfo do interino Sergio Baresi no comando da equipe. O time paulista chegou a 22 pontos e alcançou a 13ª colocação. Já o Atlético-GO segue na 19ª posição, na zona do rebaixamento, com 14 pontos.

Sem os lesionados Fernandão e Ricardo Oliveira, Baresi montou o ataque do São Paulo com Fernandinho e o ponta de lança Marlos. Dagoberto iniciou como opção no banco. O Atlético-GO, por sua vez, contou com Elias, que marcou cinco gols nos dois jogos anteriores e deu uma assistência na noite desta quinta.

Xandão abre vantagem

A partida começou movimentada, com as equipes tocando a bola com velocidade no meio de campo, mas ao mesmo tempo errando muitos passes. O São Paulo apostava na rapidez no setor ofensivo, mas não encontrava ninguém na área para completar ao gol. o primeiro lance de perigo saiu aos 9min, para o Atlético-GO, quando Marcão recebeu bola livre de marcação dentro da área, mas falhou no domínio e viu Rogério Ceni fazer a antecipação.

A resposta da equipe da casa veio aos 12min em bola parada com Jorge Wagner, que obrigou Márcio a socar bola para fora da área. Mais consistente, o time goiano ensaiou uma pressão na defesa são-paulina, sem dar trabalho a Rogério Ceni.

Aos 22min, Xandão lançou ótima bola para Fernandinho, que driblou o goleiro, mas errou a finalização pois ficou sem ângulo. Na sequência, Xandão cabeceou com estilo após cobrança de escanteio e abriu o placar para o São Paulo. O time da casa seguiu atacando, mas sem levar perigo. Quem ameaçou o gol adversário foi o Atlético-GO, em chute de Pituca aos 32 que saiu à direita do gol.

O São Paulo ficou perto de ampliar aos 36min, em cobrança de falta de Jean que obrigou Márcio a fazer boa defesa. Cinco minutos depois, Fernandinho arrancou pela esquerda, passou pela marcação e chutou pela linha de fundo. Durante o lance, o atacante torceu o joelho direito e precisou receber atendimento. Ele ainda voltou a campo, mas foi substituído por Dagoberto no intervalo.

Retorno de Dagoberto

Agora com o camisa 25, o São Paulo continuou a atacar, mas quem marcou foi o Atlético-GO. Aos 5min, Juninho aproveito vacilo de Jorge Wagner para driblar Rogério Ceni e empatar o jogo no Morumbi. Jorge Wagner buscou recuperar-se no minuto seguinte, em chute de fora da área, mas Márcio defendeu e evitou o segundo gol são-paulino.

O São Paulo não abaixou a cabeça após ser vazado, e partiu para o ataque. O time trocava passes na intermediária, mas não conseguia passar pela marcação atleticana. A melhor oportunidade saiu aos 18min, em chute de fora da área de Marcelinho que saiu por cima do travessão.

A situação do time da casa finalmente foi aliviada aos 24min. Marlos fez bom lançamento pela direita e Dagoberto completou de cabeça para vencer o goleiro Márcio. Novamente em vantagem, o São Paulo levou susto aos 28min, em cabeçada de Welton Felipe que passou perto da trave de Ceni.

Dois minutos depois, Dagoberto fez boa jogada de alçou bola para Marcelinho, que não conseguiu completar para o gol. Marlos teve chance de ouro de fazer o terceiro gol são-paulino aos 33min, quando driblou a zaga goiana e saiu na cara do gol, mas o camisa 16 tentou dar toque sutil e deu a bola para Márcio.

Com o resultado a favor, o São Paulo recuou, apostando em evitar o segundo gol do Atlético-GO. Samuel e Cleber Santana entraram em campo, substituindo Jean e Marcelinho. O time visitante buscou apertar a defesa da casa, mas não conseguiu o novo empate.

Fonte: Terra, www.terra.com.br