São Paulo descarta vingança contra o Inter

O primeiro encontro foi pelo Brasileirão, no Beira-Rio

O São Paulo enfrentou o Internacional em três ocasiões em 2010, vencendo duas e perdendo uma. Porém, a aparente vantagem ignora o fato de o Tricolor ter sido eliminado pelo rival na semifinal da Libertadores, quando o Colorado passou para a final aproveitando-se do critério que beneficiava o autor do gol fora de casa.

O primeiro encontro foi pelo Brasileirão, no Beira-Rio. Lá, com gols de Hernanes e Fernandão, o Tricolor venceu por 2 a 0. Dois meses depois, de novo em Porto Alegre, mas desta vez pela competição sul-americana, o Colorado saiu vencedor do confronto, por 1 a 0, com um gol de Giuliano. Na volta, no Morumbi, o Sampa até fez dois gols com Alex Silva e Ricardo Oliveira. Porém, o de Alecsandro deu a classificação para o time gaúcho.

Apesar do trauma, o zagueiro Xandão nega que o sentimento seja o de vingança no reencontro marcado para essa quinta-feira, pelo returno do Brasileiro, no Morumbi. Para o camisa 13, a eliminação já é "águas passadas".

- O que passou, já foi. O momento agora é outro, o campeonato agora é outro. Temos a oportunidade de enfrentá-los poucos dias depois da eliminação, mas não temos que entrar por esse lado, de jogo de revanche. Acho que a equipe readquiriu a confiança que faltava. Não é pela derrota que vamos perder. Vamos tentar nos próximos jogos entrar no G4 - garantiu o beque, que enfrentou o Inter apenas pelo Brasileirão.

Fonte: Yahoo