São Paulo empata com Vasco e vê sonho longe

Time paulista se distancia da Libertadores

Em uma partida aberta, que contou com dois golaços em São Januário, Vasco e São Paulo ficaram no empate por 1 a 1 neste domingo, pela 35ª rodada do Campeonato Brasileiro. O resultado foi particularmente ruim para o time paulista, que não aproveitou os tropeços dos concorrentes diretos e viu o sonho de chegar à Copa Libertadores de 2011 ficar mais distante.

Éder Luís e Lucas Gaúcho marcaram os gols do duelo. Agora, a equipe do Morumbi soma 51 pontos, cinco a menos que o Botafogo, atual quarto colocado da competição. Já os vascaínos, com 46 pontos, não aspiram a mais nada dentro do torneio. Faltam três rodadas para o fim do Brasileiro.

Os times começaram tocando a bola em ritmo lento, mas logo criaram chances de gol. Aos 6min, Jorge Wagner bateu cruzado da esquerda, a bola desviou e exigiu grande defesa de Fernando Prass; no minuto seguinte, o Vasco respondeu em finalização de Zé Roberto, que parou em Rogério Ceni.

Com os dois times abertos, atuando com três homens bem avançados, a partida seguiu movimentada. Aos 9min, o lateral vascaíno Diogo bateu com força e acertou a trave; na sobra, Éder Luís chutou e Ceni agarrou. Com 11min, Dagoberto arriscou uma pancada de fora da área e Prass espalmou.

O jogo esfriou depois dos 15min, com o Vasco mantendo a posse de bola e tentando aproveitar a velocidade de seus atacantes. O melhor em campo era Felipe, que comandava a equipe com dribles e passes. Os cariocas só assustaram de novo aos 26min, quando Dedé e Éder Luís passaram pela bola após cobrança fechada de escanteio.

A equipe cruzmaltina era melhor e fazia Rogério Ceni trabalhar. Aos 38min, Zé Roberto girou rápido sobre a marcação e chutou com força, para ótima defesa do capitão são-paulino. Com 41min, foi o lateral paraguaio Irrazábal quem bateu e viu o camisa 1 salvar o primeiro gol.

O São Paulo voltou um pouco melhor para a segunda etapa, trabalhando a bola com qualidade no meio, mas o Vasco era mais perigoso. Aos 11min, Felipe balançou para cima da zaga e chutou de pé esquerdo, mas Rogério voltou a defender firme.

O goleiro da equipe paulista, porém, nada pôde fazer aos 16min. Éder Luís recebeu de Felipe na intermediária esquerda, se livrou de Alex Silva e acertou um lindo chute no ângulo de Rogério Ceni, que só ajoelhou e observou a bola balançar as redes.

O Vasco poderia ter ampliado aos 21min, mas Éder Luís errou finalização de curta distância e parou em Rogério Ceni. O castigo veio três minutos depois: Jean avançou em velocidade pela direita e cruzou rasteiro; o garoto Lucas Gaúcho, que havia acabado de entrar na partida, desviou de letra e marcou um golaço para deixar tudo igual.

No último lance do jogo, Jefferson Silva teve a chance mais clara para o time carioca, mas desperdiçou. O jogador dominou livre de marcação na área e, de frente para o gol, chutou por cima do travessão, perdendo oportunidade inacreditável.

Fonte: Terra, www.terra.com.br