São Paulo encosta no Vasco na luta pelo G-4; Ceni fechou o gol

São Paulo encosta no Vasco na luta pelo G-4; Ceni fechou o gol

Goleiro fez seis defesas difíceis, brilhou na importante vitória sobre o Vasco e deixou meia adversário impressionado: "Ele fez uma defesa impossível"

A ótima atuação do São Paulo diante do Vasco foi muito elogiada pelos jogadores em São Januário, mas um jogador mereceu comentários especiais. Rogério Ceni salvou o time de sofrer pressão, ou até mesmo o empate. Foram seis defesas difíceis, feito enaltecido não só pelos companheiros. Até mesmo o meia vascaíno Juninho Pernambucano encheu sua bola.

No segundo tempo, o camisa 8 deu um belo chute de pé direito e já saía para comemorar, mas o goleiro se esticou e fez uma defesa "impossível" na avaliação do rival, que até "reclamou" com ele na sequência. Ceni e Juninho se aproximaram durante a Copa do Mundo de 2006, em que ambos eram reservas da seleção brasileira.

- Eu brinquei com ele porque foi uma defesa impossível, uma grande defesa. Eu bati forte, tirei dele e achei que seria gol. Até acompanhei a jogada para pegar logo a bola - afirmou o Pernambucano.

A melhor atuação desde que voltou ao time, após uma cirurgia no ombro direito, também foi elogiada por Osvaldo, autor do segundo gol tricolor. O atacante afirmou que toda a equipe é fã do capitão, mas destacou também a boa participação dos demais jogadores.

- Ele pegou demais, fez uma excelente partida. Todos aqui somos fãs dele, pela história que ele tem. Desde o Rogério até o ataque, o time foi super bem.

a muralha

Rogério Ceni terá seu contrato encerrado no dia 31 de dezembro e ainda não decidiu se vai encerrar a carreira ou renovar por mais uma temporada. Ele vai completar 40 anos no próximo dia 22 de janeiro e garantiu que a classificação para a Libertadores do ano que vem não será determinante para seu futuro.

O torneio sul-americano é sua competição preferida e o São Paulo tem duas possibilidades de disputá-la em 2013: no Campeonato Brasileiro, precisa ficar entre os quatro primeiros. Com a vitória sobre o Vasco, se manteve em quinto, mas agora um ponto apenas atrás dos cariocas. E na Copa Sul-Americana, o título também garante vaga na Libertadores. A equipe está nas oitavas de final e jogará por um empate sem gols contra a LDU de Loja, do Equador, dia 24, no Morumbi.

Contente com o desempenho do time, o técnico Ney Franco foi outro que se rendeu a Ceni. Segundo ele, nas vezes em que o Vasco conseguiu criar oportunidades, esbarrou no talento do goleiro.

- Tivemos uma grande atuação. Dominamos o jogo todo e, no segundo tempo, quando o Vasco conseguiu criar, parou no Rogério Ceni, que fez três grandes defesas.

Fonte: GloboEsporte.com