São Paulo poderá receber punição por infração dos gandulas

São Paulo poderá receber punição por infração dos gandulas

Procurador Paulo Schmitt afirma que clube mandante é responsável pelo trabalho dos funcionários

A atitude antidesportiva dos gandulas do Morumbi de esconderem as bolas de reposição atrás das placas de publicidade quando o São Paulo cobrava faltas, com o objetivo de retardar o reinício do jogo deste domingo, deve trazer consequências para o Tricolor. Segundo o procurador do STJD, Paulo Schmitt, o clube paulista, que perdeu por 2 a 1 para o Flamengo, e os próprios funcionários poderão ser julgados por assumir conduta contrária à disciplina e à ética, regra que consta no artigo 258 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva.

Se condenado, o São Paulo terá de pagar uma multa de até R$ 10 mil. Já os gandulas podem pegar uma suspensão de 15 a 180 dias. A diretoria do clube afirma que não há orientação para que os gandulas retardem a reposição da bola.

Um dos gandulas da partida, Lucas Bento Felix chegou a ser expulso pelo árbitro Fabrício Neves Corrêa. A retirada do funcionário foi relatada na súmula. Apesar da expulsão, a prática continuou acontecendo.

Fonte: Globo Esporte, www.globoesporte.com