São Paulo supera vaias, vence e se classifica

São Paulo supera vaias, vence e se classifica

Vaiado desde o anúncio da escalação do time, Ricardo Gomes foi alvo da ira dos torcedores

O São Paulo venceu o Once Caldas por 1 a 0 e está classificado para as oitavas de final da Copa Libertadores. COm os três pontos, o time do Morumbi segue como primeiro colocado e aguarda a definição dos grupos para saber qual o seu adversário na próxima fase. Mas nem tudo é alegria para a torcida são-paulina. Insatisfeita com o comando técnico da equipe, os mais de 50 mil torcedores que compareceram ao Morumbi criticaram todas as ações do técnico Ricardo Gomes.

Vaiado desde o anúncio da escalação do time, Ricardo Gomes foi alvo da ira dos torcedores no segundo tempo quando o time já estava em vantagem no placar e sofria pressão do time colombiano. O ápice veio com a substituição de Fernandinho por Jean. A torcida não perdoou a troca de um atacante por um volante.

No primeiro tempo, se o São Paulo não dominou todas as ações pelo menos não deixou o Once Caldas assustar muito. Apesar de apresentar mais jogadas ofensivas do que na semifinal do Paulista contra o Santos, o São Paulo só foi abrir o placar aos 40min do primeiro tempo. Até então, as maiores alegrias eram os desarmes da defesa, como o de Cicinho, que depois de ser cortado pelo atacante Santoya se recuperou e com um carrinho impediu Rogério Ceni de ter de defender o chute.

Mas apesar de um susto ou outro, o São Paulo garantiu a vitória, a liderança do Grupo 2 e a vaga nas oitavas de final depois que Marlos foi lançado na área, se livrou da marcação e viu a bola sobrar para Fernandinho mandar para o fundo do gol e encerrar um jejum pessoal que durava desde sua estreia contra o Monte Azul, no dia 28 de fevereiro. Desde então, quando fez quatro tentos, ele não deixava o dele.

No segundo tempo, porém, o Once Caldas, já classificado, resolveu partir para cima para tentar salvar o primeiro lugar do grupo. O que se viu nos minutos iniciais foi a grande pressão exercida pelo time colombiano fazer o São Paulo recuar e não conseguir sair para o jogo. Foi aí que Ricardo Gomes fez a primeira alteração que lhe rendeu os primeiros gritos de "burro" ao sacar Fernandinho e colocar o volante Jean. Minutos depois, após ouvir muitos gritos pela presença de Washington, ele atendeu os pedidos e viu o time melhorar e equilibrar a partida.

Apesar de melhorar e conseguir ser mais perigoso, o São Paulo voltou a pecar na finalização e só tirou um suspiro maior de seu torcedor quando Hernanes, aos 35min, arriscou de fora da área e forçou o bom goleiro Martínez a dar o rebote. O jogo lá e cá continuou até o fim e o alívio só veio mesmo com o apito final.

No outro jogo válido pelo Grupo 2, entre equipes já eliminadas, o Nacional, do Paraguai, bateu o Monterrey, da Colômbia, por 2 a 0 em casa, gols de Paniagua e Beltran, e conquistou a primeira vitória na competição, fechando a primeira fase com três pontos. Os visitantes ficaram em terceiro, com seis.

FICHA TÉCNICA

São Paulo 1 x 0 Once Caldas

Gols

São Paulo: Fernandinho, aos 40min do primeiro tempo

Ponto Forte do São Paulo

Teve domínio do jogo no primeiro tempo e conseguiu se segurar quando o Once Caldas passou a apertar mais

Ponto Forte do Once Caldas

Complicou o jogo para o São Paulo no fim e por pouco não saiu do Morumbi com um empate

Ponto Fraco do São Paulo

O lado direito do São Paulo foi o setor preferido para as jogadas de ataque do Once Caldas

Ponto Fraco do Once Caldas

Apesar de ter pressionado, time colombiano pecou na finalização e não conseguiu segurar o primeiro lugar do grupo

Personagem do jogo

Rogério Ceni, que fez boas defesas e foi um dos responsáveis por garantir a vitória do São Paulo

Esquema Tático do São Paulo

4-4-2

Rogério Ceni; Cicinho, Alex Silva, Miranda e Richarlyson; Rodrigo Souto, Hernanes (Cleber Santana), Marlos e Jorge Wagner (Washington); Dagoberto e Fernandinho (Jean). Técnico: Ricardo Gomes

Esquema Tático do Once Caldas

4-4-2

Luis Martínez; Iván Vélez, Oswaldo Vizcarrondo, Alexis Henríquez e Pérez (Fernando Cárdenas); Jaime Castrillón (Diego Amaya), Jhon Valencia, Luis Núñez e Diego Arias, Danny Santoya (Fernando Uribe), Dayro Moreno

Cartões Amarelos

São Paulo: Jorge Wagner, Richarlyson

Once Caldas: Moreno

Árbitro

Diego Abal (ARG)

Público e Renda

50.461 pagantes e R$ 1.502.694,57

Local

Estádio do Morumbi, em São Paulo (SP)

Fonte: Terra