São Paulo tem mais chances do título do que rivais juntos

Com os mineiros Atlético e Cruzeiro fora da disputa, o título poderia até ser decidido na próxima rodada

O futebol continua a mostrar sua imprevisibilidade diante dos números e previsões matemáticas. O São Paulo, líder do Campeonato Brasileiro, perdeu sua partida contra o Botafogo e tudo indicava que sairia da primeira colocação (assista aos gols do jogo no vídeo ao lado). O Flamengo, jogando em um Maracanã lotado, contra um Goiás já sem grandes pretensões na tabela, possuía grandes chances de se tornar o novo líder e aproveitar o tropeço do concorrente. Mas bastou um empate para que os cálculos voltassem a privilegiar o Tricolor Paulista. Diante de três rivais que ainda possuem chances de brigar pelo troféu, os são-paulinos possuem probabilidades bem maiores de triunfo: 53%. Este número é ainda mais significativo porque representava mais do que Flamengo (32%), Inter (9%) e Palmeiras (6%) têm juntos.

Com os mineiros Atlético e Cruzeiro fora da disputa, o título poderia até ser decidido na próxima rodada a favor dos paulistas, mas as chances de que isso aconteça são muito pequenas: 4%. Além da vitória tricolor, o Rubro-Negro teria de perder, Inter e Palmeiras teriam de empatar. O matemático Tristão Garcia, do site InfoBola, explica o desenho do Brasileirão nesta reta final.

- Na briga pelo título, o grande tropeço foi o do Flamengo. Houve uma preparação para assumir a liderança nessa rodada. O São Paulo tinha um jogo muito difícil, o Palmeiras mais complicado ainda. Era a rodada do Flamengo, mas não aproveitou a chance. E quando se tem chance, é preciso aproveitar, caso contrário os outros aproveitam. Para o São Paulo, foi uma rodada neutra. Ainda perdeu dois concorrentes, pois Atlético e Cruzeiro se despediram da briga pelo título. As chances matemáticas são desprezíveis, seria necessário um esforço mirabolante e uma combinação de resultados - analisa o professor.

Para chegar na Libertadores da América, os times têm que mirar o número mágico de 63 pontos. Os resultados desta rodada mantiveram tanto tricolores como rubro-negros favoritos às duas primeiras vagas. O maior beneficiado, porém, foi o Colorado. A vitória sobre o Galo, rival direto, aumentou as chances gaúchas para 93%. O tropeço de outro mineiro, o Cruzeiro, favoreceu a vida do Palmeiras, que possui 72% de chances e é o favorito a ocupar a quarta vaga. De todas as brigas do campeonato, a que tem como objetivo a competição sul-americana é a que parece estar melhor definida. Há 82% de chances das vagas serem fechadas na última rodada.

- O grande vencedor foi o Internacional. Venceu fora de casa, aumentou suas chances de título e praticamente garantiu vaga na Libertadores. Já pode planejar o calendário do ano que vem prevendo a disputa da competição. No ano do seu centenário, conquistou o principal objetivo - afirma Tristão.

Na parte de baixo da tabela, as posições não mudaram, porém algumas mudanças significativas aconteceram. Os paranaenses (Coritiba e Atlético) estão mais ameaçados pelo rebaixamento. O risco de cair pelo menos um deles era de 7% na última rodada e quadriplicou: agora é de 28%. As chances de pelo menos um dos dois cariocas (Botafogo e Fluminense) caírem ainda é alta, mas diminui bastante em relação as contas anteriores: agora são de 72%. O risco dos dois caírem é de apenas 1%.

Para os que gostam de emoção até as últimas rodadas, o Brasileirão promete. Matematicamente, a probabilidade de que todos os rebaixados sejam conhecidos apenas na 38ª rodada é de 100%.

- Santo André e Náutico fizeram o seu papel. Um ganhou dentro de casa, que era obrigação, e o outro conquistou uma virada espetacular contra o Corinthians. Mas o Fluminense manteve a diferença de pontos, assim como o Botafogo. Por isso, eles não conseguiram se aproximar e o fato de faltarem apenas dois jogos para uma reação pesa muito. O caminho está mais curto. Mas no geral, podemos dizer que os maiores prejudicados foram os paranaenses e precisam abrir muito bem o olho - analisa o professor Tristão.

Fonte: GloboEspote, www.globoesporte.com