"São Paulo trata o Luis Fabiano até bem demais", afirma dirigente

Luis Fabiano disse que quer ver sua situação definida neste mês de paralisação do Campeonato Brasileiro.

A diretoria do São Paulo não quer negociar Luis Fabiano. O clube tem em mãos, propostas de equipes da Europa que foram apresentadas pelo empresário José Fuentes, responsável pela carreira do jogador. Todas estão abaixo do valor que o clube pagou para repatriar o atacante, quando ele ainda jogava no Sevilha.

Luis Fabiano disse que quer ver sua situação definida neste mês de paralisação do Campeonato Brasileiro. Na noite desta quarta-feira, depois do empate entre São Paulo e Grêmio (1 a 1), na arena gremista, Fabiano voltou a falar que está chateado. ?Se o São Paulo for ficar melhor sem o Luis Fabiano, sou o primeiro a sair?, afirmou.

Nesta quinta-feira, em conversa com o Blog do Boleiro, o vice-presidente de futebol João Paulo de Jesus Lopes afirmou que Luis Fabiano está pressionando o São Paulo para ser negociado. ?Quando ele diz que não está satisfeito, ele não fala que tem propostas de outras equipes e está interessado em sair?, falou o dirigente.

João Paulo rebateu Luis Fabiano em outras afirmações do artilheiro do time. O Fabuloso disse: ?Não quero ficar sendo o vilão de toda derrota. Para mim já deu?. O vice de futebol estranhou: ?Alguém já cobrou isso dele?. E se for parte da torcida, o próprio jogador diz que tem trabalhado pelos torcedores.?

A relação entre Luis Fabiano e a diretoria tricolor azedou quando, depois da eliminação na Copa Libertadores da América, o presidente Juvenal Juvêncio admitiu que poderia negociar o atleta se recebesse uma proposta satisfatória. O atacante não gostou. Deu sinal verde para que Fuentes fosse atrás de equipes interessadas. ?A partir do momento em que você é colocado no mercado, existe o interesse?, disse ainda no gramado da Arena do Grêmio.

Os dirigentes do São Paulo ouvem as declarações e repetem o mesmo mantra: ?Não quero que ele saia?, disse o diretor de futebol Adalberto Batista. ?Por mim, rasgamos estas propostas e ele continua no São Paulo?, afirmou João Paulo de Jesus Lopes.

Mas a posição oficial é a de o clube não gostou das ofertas apresentadas e só vai negociar se Luis Fabiano disser que quer ir embora ou se o valor das propostas aumentar significativamente. Até que isso aconteça, as declarações do Fabuloso conseguem, às vezes, irritar o comando tricolor. ?O São Paulo trata o Luis Fabiano até bem demais?, disse Jesus Lopes.

Fonte: Terra