Sarah luta por mais um ouro nos Jogos Mundiais Militares

Sarah luta por mais um ouro nos Jogos Mundiais Militares

Os Jogos Mundiais Militares estão sendo disputados em sua 5ª edição.

Depois de brilhar no tatame com a conquista da medalha de ouro pela seleção brasileira na disputa por equipe dos Jogos Mundiais Militares, que acontecem no Rio de Janeiro, Sarah Menezes vai competir na individual, hoje, às 9h, com o intuito de faturar mais uma medalha dourada para o país. A expectativa da piauiense, quarta melhor judoca do mundo, era justamente no torneio individual, mas com a surpresa do ouro no por equipe, pode ser confirmado o que ela e o técnico Expedito Falcão planejaram, assegurar pelo menos um lugar no pódio, independente da cor da medalha.

?Que ela pode ser campeã, isso não tenho nenhuma dúvida, mas também não posso afirmar que vai ganhar. Os Jogos Militares é uma competição difícil, são vários países competindo, vamos ver se ela fica pelo menos com uma medalha, será importante para ela?, disse Expedito.

A piauiense, que defende a Marinha do Brasil na competição, acredita que o ouro dará mais força e tranquilidade para buscar o título no individual. ?Estamos muito felizes com a medalha, abriu nosso caminho para os jogos individuais que começa na quarta-feira, estreando comigo. Ganhamos da China, é uma equipe forte que sempre está sendo campeã nos jogos mundiais militares e vencemos antes de começar a competição individual e isso é importante para nós brasileiras?, comenta Sarah.

No torneio por equipe as brasileiras venceram a Itália, China, França e Sri Lanka. A equipe conta com as judocas Ketleyn Quadros, primeira medalhista olímpica pelo time do Brasil em esportes individuais, sendo um ouro nos Jogos Olímpicos de Pequim 2008, na categoria até 57 kg, além de Mayra Silva, Mariana Silva e Andressa Fernandes, Sarah e Maria Portela.

Os Jogos Mundiais Militares estão sendo disputados em sua 5ª edição, reúnem alguns dos melhores judocas do Brasil e do mundo. São 57 países e cerca de 300 atletas, entre homens e mulheres. Além do Brasil, austríacos, russos, alemães, holandeses e coreanos são algumas das nações de renome no judô olímpico, que também marcam presença no judô militar, com atletas consagrados.

Copa Revelação

O atleta piauiense João Batista Romeiro, sub 17 (- 73kg), conquistou a medalha de bronze na Copa Revelação, em São Paulo, vencendo os atletas de São Paulo, Mato Grosso do Sul e Espírito Santo. João, que recebeu apoio da Fundação dos Esportes do Piauí (Fundespi), competiu na categoria mais difícil da competição e teve o melhor resultado do Piauí que teve mais três representantes, Stael Torres (81kg), Alex Castro (66kg) e Tiago Farias (60kg).

Fonte: Socorro Cruz