Durante dia de treino, carro pega fogo dentro dos boxes, piloto leva susto e joga volante longe

Durante dia de treino, carro pega fogo dentro dos boxes, piloto leva susto e joga volante longe

Além do carro de Gutiérrez, STR de Jean-Eric Vergne entra em chamas após superaquecimento nos freios traseiros e francês abandona Q1

O Q1 do treino classificatório para o GP do Japão, neste sábado, foi literalmente quente. Com poucos minutos de atividade, Esteban Gutiérrez levou um susto daqueles. Por causa de um vazamento de combustível, sua Sauber começou a pegar fogo nos boxes, enquanto ele estava dentro cockpit. Gutiérrez jogou o volante longe e saiu do carro em poucos segundos (Veja no vídeo). Apesar do susto, o mexicano avanço para o Q2 e se classificou em 14º.

O chefe de engenharia da Sauber, Tom McCullough disse que o incêndio foi causado por vapores de combustível. No entanto, ele não sabe afirmar de onde o vapor escapou.

- Foi um pouco de vapor que iniciou o incêndio, possivelmente de alguma conexão, mas não tenho certeza da causa. Não houve danos com o carro, o fogo queimou no ar. Foi impressionante, mas era uma quantidade pequena de combustível. Acontece vez ou outra com o carro quente e um reabastecimento rápido. Mas ninguém se machucou ? revelou McCullough à revista britânica ?Autosport?.

A menos de três minutos do fim, outro incêndio. Dessa vez foi na STR de Jean-Eric Vergne, devido a um superaquecimento dos freios. O francês estacionou as margens da pista e os fiscais contiveram as chamas rapidamente. Por causa do incidente, a bandeira vermelha foi acionada e o treino paralisado. Menos de cinco minutos depois, a atividade foi reiniciada e os pilotos tiveram mais uma chance para buscar a classificação para o Q2. Vergne acabou se classificando na 18º colocação.


Sauber pega fogo dentro dos boxes, piloto leva susto e joga volante longe

Sauber pega fogo dentro dos boxes, piloto leva susto e joga volante longe

Fonte: Globo Esporte