Schumacher aceitou proposta de R$ 57 milhões

Jornal inglês diz que da Mercedes Heptacampeão retornaria à Fórmula 1 na temporada 2010 pelo time alemão

 O jornal inglês "Daily Mirror" afirma, em sua edição desta segunda-feira, que Michael Schumacher aceitou retornar à Fórmula 1 pela Mercedes, que comprou a vitoriosa Brawn GP e assumiu seu lugar, em 2010.

O heptacampeão receberia R$ 57 milhões (£ 20 milhões) por uma temporada, R$ 40 milhões (£ 14 milhões) a mais do que as primeiras especulações sobre a volta do alemão à categoria. O alemão de 40 anos estreou na Fórmula 1 em 1991 com o apoio da Mercedes, por quem corria no Mundial de Protótipos.

A montadora pagou R$ 360 mil (£ 125 mil) na época para proporcionar sua primeira corrida na categoria, pela Jordan, em Spa-Francorchamps. Na corrida seguinte, na Itália, ele foi para a vaga de Roberto Moreno na Benetton. Schumacher assumiria a vaga deixada por Jenson Button, que foi para a McLaren.

Ele seria companheiro do jovem alemão Nico Rosberg, ex-Williams. A Mercedes, que se recusou a pagar o aumento pedido pelo inglês campeão de 2009, pagará quase o dobro ao heptacampeão para ter um substituto de peso. Ele, inclusive, já teria acertado a rescisão do contrato de consultor da Ferrari, que tinha validade de três anos.

Fonte: GloboEsporte