Sebastian Vettel domina GP da Índia e aumenta vantagem para Alonso; Massa é 6º

Sebastian Vettel domina GP da Índia e aumenta vantagem para Alonso; Massa é 6º

Hegemônico na Índia, Vettel aumentou para 13 pontos a diferença

Com domínio incontestável durante todo o final de semana, Sebastian Vettel venceu neste domingo o GP da Índia de Fórmula 1. Pole position, ele largou em primeiro e, sem ser ameaçado, conquistou pontos importantes, aumentando a vantagem em relação a Fernando Alonso na liderança do mundial de pilotos. Felipe Massa foi o melhor brasileiro, terminando na sexta colocação, mesma posição em que largou.

Com o resultado, Sebastian Vettel chega aos 240 pontos no campeonato, abrindo 13 para Fernando Alonso, que fez grande prova, largando no quinto lugar para assumir a segunda posição. O espanhol, no entanto, chegou à Índia apenas seis pontos atrás, com perspectivas de tomar a ponta da briga pelo título. A terceira colocação do GP ficou com a Mark Webber, quarto lugar no campeonato.

Felipe Massa fez uma boa prova na Índia, segurando a sexta colocação na largada e se mantendo à frente de Kimi Raikkonen, que o ameaçou constantemente. Bruno Senna também deixa a Índia satisfeito: ficou à frente de Pastor Maldonado e galgou posições com estilo agressivo para chegar à zona de pontuação, terminando na 10ª colocação.

A prova

Com a primeira curva a apenas 240 metros após a largada, o início do GP da Índia foi recheado de emoção. O pole position Sebastian Vettel saiu bem e manteve a liderança, assim como o companheiro de Red Bull, Mark Webber. Logo atrás, Lewis Hamilton foi ultrapassado pelo parceiro de McLaren, Jason Button, e teve disputa emocionante com Fernando Alonso, enquanto Felipe Massa dava segurança ao manter a sexta posição.

Alonso passou as duas McLaren de uma só vez, mas levou o troco na curva seguinte. Na sequência, conseguiu ficar à frente de Hamilton, passando a atacar Button. O espanhol conseguiu o terceiro lugar ainda na quarta volta, passando a incomodar as Red Bulls. O único incidente do início de disputa foi registrado no carro de Michael Schumacher, que furou o pneu traseiro direito e precisou ir aos boxes.

Com o desempenho decrescente de Mark Webber no decorrer da corrida, Fernando Alonso passou a pressionar pela segunda colocação a partir da 33ª volta, já com possibilidades de usar a asa móvel. Enquanto isso, Felipe Massa foi aos boxes e perdeu posições, sofrendo para se manter à frente de Kimi Raikkonen ¿ os dois tiveram duelo logo no início da primeira curva, com o brasileiro sendo ultrapassado e recuperando o 7º lugar logo depois.

A disputa esquentou, mas Raikkonen começou a sofrer com lentidão, perdendo poder de ataque ao brasileiro. Bruno Senna, enquanto isso, mostrou agressividade para ir galgando posições, saindo do 13º lugar para entrar na zona de pontuação. A melhor briga, no entanto, foi resolvida na 48ª volta: Fernando Alonso conseguiu a ultrapassagem sobre Webber, se firmando no segundo lugar.

Com 12 voltas para o fim da corrida, Alonso fez a volta mais rápida, mas não conseguiu ameaçar o predomínio Vettel, que chegou a ter 11s de vantagem. De forma tranquila, o alemão fechou o GP da Índia na primeira colocação para aumentar a vantagem na liderança do mundial de pilotos.

Fonte: Terra, www.terra.com.br