Adiada partida do Flamengo e Universidad do Chile por conta de temporais

Adiada partida do Flamengo e Universidad do Chile por conta de temporais

Vale destacar, ainda, que o Governador e o Prefeito decretaram feriado nas escolas das redes públicas municipal e estadual

Devido às fortes chuvas que atingiram a cidade do Rio de Janeiro nesta terça-feira, o jogo entre Flamengo e Universidad do Chile, válido pela quarta rodada da Copa Libertadores e marcado para esta quarta, às 21h50, no Maracanã, foi adiado. O temporal causou muitos estragos no estádio e em seus arredores.

O adiamento seria uma medida preventiva tomada pela Secretaria Estadual de Turismo, Esporte e Lazer do Rio de Janeiro para garantir a segurança dos torcedores que acompanhariam o duelo no Maracanã. A situação do estádio ainda será reavaliada. Como o regulamento permite que o jogo apenas possa ser realizado até 24 horas depois da data original, o time rubro-negro deve entrar em campo na tarde ou na noite da próxima quinta.

Na manhã desta terça, os vestiários do Maracanã encontravam-se completamente alagados. O gramado, tomado pela água, repleta de lixo e papéis, pouco aparecia. Os canos de escoamento dos fossos entupiram, impedindo que a situação se normalizasse. Nos arredores do estádio, detritos tomaram conta das rampas de acesso e das ruas. O Universidad de Chile sequer realizou treino de reconhecimento no estádio.

Em seu site oficial, o Flamengo divulgou na íntegra a nota da Secretaria Estadual:

A Secretaria de Estado de Turismo, Esporte e Lazer comunica a decisão do Governo do Estado de suspender a realização do jogo Flamengo x Universidad de Chile no estádio do Maracanã, programado para esta quarta-feira, dia 7 de abril, válido pela Copa Libertadores, em razão da situação em que se encontra a cidade do Rio de Janeiro por causa das fortes chuvas, em especial o estádio e seu entorno, que não reúnem as condições mínimas necessárias para tal.

Vale destacar, ainda, que o Governador e o Prefeito decretaram feriado nas escolas das redes públicas municipal e estadual para amanhã e permanece, também, o estado de alerta para que as pessoas não saiam de casa. O objetivo é facilitar a atuação dos órgãos públicos municipais e estaduais na recuperação da cidade e na desobstrução das vias que ainda encontram-se impedidas.

Fonte: Terra