Seedorf alerta sobre volta de Adriano: "só com talento não dá"

Seedorf alerta sobre volta de Adriano: "só com talento não dá"

O apoiador exaltou a qualidade do rival, mas afirmou que não adianta só o talento para perdurar no futebol atual

Companheiros na época de Inter de Milão, Seedorf revelou ter ficado contente com o acerto de Adriano com o Flamengo, adversário do Botafogo neste domingo. O holandês afirmou que seria uma vitória ver o brasileiro voltar a jogar como sabe, mas fez um alerta ao atacante. O apoiador exaltou a qualidade do rival, mas afirmou que não adianta só o talento para perdurar no futebol atual.

?Seria uma vitória ver o Adriano jogar como sabe. Para ele e as crianças que o acompanham perceberem que fazendo coisas ruins a vida não dá certo, que para conseguir se manter em um nível importante, só com o talento não dá. Mas desejo toda sorte do mundo ao Adriano?, disse o camisa 10 do Botafogo.

Seedorf lembrou que o primeiro contato que teve com Adriano ocorreu quando o brasileiro entrou no fim da partida entre Inter e Real Madri, em 1998. O atacante marcou de falta e garantiu a vitória dos italianos. O holandês fez coro às palavras do Imperador e disse que só depende de si para dar a volta por cima em sua carreira.

?Eu o conheci quando fez aquele gol contra o Real Madrid. Desde então, aconteceram muitas coisas difíceis na vida dele. Mas ouvi o Adriano dizer que só dependia dele e acho que sim. Ele precisa ter força para manter uma linha na sua vida. São poucos anos para fazer o que mais gosta na sua vida. Adriano tem um coração bom e gosto muito dele, mas precisa se responsabilizar para poder dar ao futebol brasileiro tudo de bom que deu quando estava bem?, afirmou o botafoguense.

Seedorf está confirmado entre os titulares do Botafogo, que enfrentará o Flamengo, neste domingo, no Engenhão na última rodada do primeiro turno do Campeonato Brasileiro. Com 27 pontos, o Alvinegro ocupa a sétima colocação. A provável escalação do Glorioso é: Jefferson; Lucas, Brinner, Fábio Ferreira e Lima; Amaral, Renato, Seedorf, Andrezinho, Lodeiro; Elkeson.

Fonte: UOL