Seedorf: "Seria uma vitória ver o Adriano jogar como sabe"

Para ele e as crianças que o acompanham perceberem que fazendo coisas ruins a vida não dá certo, disse o jogador


Seedorf:

Em 2001, Seedorf estava no Internazionale-ITA e carregava a disputa da Copa do Mundo de 1998 no currículo. Na época, recebeu no clube um jovem brasileiro, de apenas 19 anos de idade, ainda desconhecido, em busca de seu espaço no futebol europeu e mundial: Adriano. Nesta semana, o Flamengo anunciou a volta do Imperador, e o holandês, que defende o Botafogo, ficou satisfeito em ver uma nova chance dada ao seu ex-companheiro.

No entanto, Seedorf alertou para a necessidade de Adriano provar em sua nova passagem pelo Flamengo uma mudança de comportamento. Não apenas para que possa desfrutar de mais alguns anos no futebol, mas pela responsabilidade de ser um exemplo para crianças que o têm como ídolo.

- Seria uma vitória ver o Adriano jogar como sabe. Para ele e as crianças que o acompanham perceberem que fazendo coisas ruins a vida não dá certo, que para conseguir se manter em um nível importante, apenas com o talento não dá. Mas desejo toda sorte do mundo ao Adriano - disse Seedorf.

Ele precisa ter força para manter uma linha. São poucos anos para fazer o que mais gosta na sua vida"

Seedorf, na torcida pelo agora rival Adriano

O holandês lembrou o primeiro gol de Adriano com a camisa do Internazionale, na decisão do Torneio Santiago Bernabéu. O atacante entrou nos minutos finais do segundo tempo e marcou o gol da vitória por 2 a 1 em uma cobrança de falta.

- Eu o conheci quando fez aquele gol contra o Real Madrid. Desde então, aconteceram muitas coisas difíceis na vida dele. Mas ouvi o Adriano dizer que só dependia dele e acho que sim. Ele precisa ter força para manter uma linha na sua vida. São poucos anos para fazer o que mais gosta na sua vida. Adriano tem um coração bom e gosto muito dele, mas precisa se responsabilizar para poder dar ao futebol brasileiro tudo de bom que deu quando estava bem - afirmou Seedorf.

Neste domingo, o holandês estará em campo para enfrentar, justamente, o Flamengo, no Engenhão, pelo Campeonato Brasileiro, mas ainda sem Adriano. Será o segundo clássico de Seedorf pelo Botafogo, já que esteve em campo na derrota por 1 a 0 para o Vasco.

Fonte: Globo Esporte