Seleção Argentina chega à África do Sul

Equipe estava sob forte segurança

Uma das delegações mais esperadas por torcedores finalmente desembarcou na África do Sul nas primeiras horas deste sábado. A seleção da Argentina chegou ao país-sede da Copa do Mundo na parte da manhã e foi recebida com festa na entrada do High Performance Century, localizado dentro da Universidade de Pretória, onde ficará hospedada nos próximos dias.

Os argentinos, integrantes do Grupo B do Mundial, ao lado de Nigéria, Coreia do Sul e Grécia, chegaram à concentração em dois ônibus, que foram escoltados por diversos policiais desde o aeroporto. Na entrada, cerca de 50 crianças esperavam a chegada do elenco, fazendo bastante barulho e balançando bandeiras da Argentina e da África do Sul.

A forte escolta policial na descida dos jogadores no ônibus não só impediu o contato dos torcedores com os ídolos, mas também barrou a entrada de diversos jornalistas, na maioria argentinos e brasileiros. A Associaçao Argentina de Futebol divulgou comunicado que deve restringir a presença da mídia em alguns locais, assim como já faz a Seleção Brasileira desde que iniciou a preparação para a Copa do Mundo.

A exemplo do que faz a delegação verde e amarela em território sul-africano, a Argentina deve preservar os jogadores no hotel e apenas abrir contato com a imprensa em treinos e entrevistas coletivas. Com tanta privacidade, a única "declaração" que se pôde ter na chegada veio do técnico Maradona, que expressou sua felicidade de chegar ao país em sua página no Twitter. "Estou animado por estar aqui. Eu amo a África do Sul e estou ansioso para a Copa do Mundo", afirmou o ex-camisa 10.

Fonte: Terra