Seleção Brasileira faz 1ª treino diante de cinco mil fãs

Gritos, buzinas e muito verde e amarelo. Assim foi a recepção da torcida goiana à Seleção

Gritos, buzinas e muito verde e amarelo. Assim foi a recepção da torcida goiana à Seleção Brasileira no treinamento desta tarde, no estádio Serra Dourada, palco do amistoso do próximo sábado, às 16h10m (de Brasília), contra a Holanda. Na primeira visita do time ao Brasil na era Mano Menezes, não faltou incentivo.

Se pela manhã, na chegada dos jogadores ao aeroporto Santa Genoveva, apenas aproximadamente 100 torcedores estiveram presentes, no treino desta tarde o cenário foi outro: cinco mil fãs, segundo estimativa da organização do evento. Nesta quinta, as atividades serão fechadas e voltam a ser abertas na sexta-feira.

O treinamento, comandado por Mano, começou com roda de bobinho, seguido de conversa no centro do campo, corrida em volta do gramado, alongamento e bateria de exercícios com o preparador físico Carlinhos Neves e um trabalho técnico de dois toques em campo reduzido. Os goleiros trabalharam separado e se juntaram ao restante no tático final.

Dos 27 jogadores convocados (lembrando que Alexandre Pato seria o 28º caso não tivesse sido cortado por lesão no ombro esquerdo), 23 estiveram presente no Serra Dourada nesta quarta-feira. As ausências ficaram por conta do atacante Neymar, do meia Elano, do zagueiro Lúcio e do lateral-esquerdo André Santos.

Esses dois últimos tiveram problemas com voos e se apresentam na capital de Goiás apenas à noite. Os santistas, por sua vez, chegam à cidade às 11h50m desta quinta-feira, já que têm compromisso com o Santos, que enfrenta o Cerro Porteño daqui a pouco, em Assunção, pela semifinal da Libertadores da América.

A surpresa no primeiro treinamento foi David Luiz. Assim como André Santos e Lúcio, o zagueiro do Chelsea teve voo atrasado e tinha previsão de chegada a Goiânia apenas para as 18h, como foi informado pela CBF. Mas o jogador chegou mais cedo do que o esperado e se apresentou em tempo de treinar.

O amistoso do Brasil com a Holanda, carrasca da Seleção Brasileira na Copa do Mundo de 2010, é o penúltimo desafio antes da Copa América na Argentina. O último será na próxima terça-feira, contra a Romênia, no Pacaembu, em São Paulo. O duelo marca a despedida de Ronaldo Fenômeno do time verde e amarelo.



Fonte: Globo Esporte, www.globoesporte.com