O Brasil supera violência rival e vence Coreia do Sul em teste para a Copa

O Brasil supera violência rival e vence Coreia do Sul em teste para a Copa

Neymar marcou, em uma das muitas faltas que sofreu, o primeiro gol brasileiro contra a Coreia do Sul

Neymar foi caçado em campo pelos jogadores da Coreia do Sul, mas a seleção brasileira superou a violência dos rivais e venceu o amistoso disputado neste sábado (12), em Seul, por 2 a 0.

A tática de parar o principal jogador brasileiro a qualquer custo acabou sendo mortal para a própria Coreia do Sul. O gol que abriu o caminho dos comandados de Felipão saiu em cobrança de uma das muitas faltas sofridas por Neymar. Oscar completou o placar no início do segundo tempo.

A delegação brasileira agora viaja para Pequim (China), onde na terça-feira (15), o time enfrenta a Zâmbia. A partida começa às 8h45 (horário de Brasília).

Neymar brinca com a rotina de levar faltas e sai mais rico de campo

O jogo

A primeira boa chance do jogo foi brasileira, aos 13 min. Após boa tabela, Hulk recebeu de Jô e tentou tocar na saída de Jung Sung-Ryong, mas o goleiro sul-coreano fez boa defesa.

Cosme Rímoli: Amistoso valeu pelo teste com Neymar

A seleção brasileira teve mais a posse de bola na etapa inicial, mas produziu pouco no primeiro. Hulk, que ganhou a disputa com Ramires por uma vaga na equipe titular, e Jô foram pouco participativos.

Assim, a Coreia se animou a ir ao ataque e ameaçou algumas vezes. Na principal delas, Bokyung Kim chutou da fora da área para boa defesa de Jefferson.

Caçado em campo, Neymar ficou indignado com a violência dos rivais sul-coreanos, chegou a revidar algumas faltas e apontar o dedo para os adversários. O clima esquentou bastante na parte final do primeiro tempo. O lateral Marcelo deu um tapa em Chung Lee após um dos lances ríspidos contra o jogador do Barcelona.

O primeiro gol brasileiro saiu aos 43 min. Neymar cobrou uma das muitas faltas que sofreu e contou com falha do goleiro adversário para marcar.

A seleção brasileira voltou com o volante Ramires no lugar do atacante Hulk. Evidência de que o técnico Luiz Felipe Scolari está em dúvida entre os dois para compor o time titular.

O segundo gol saiu logo aos 3 min. Paulinho fez belo lançamento para Oscar, que driblou o goleiro e completou para o gol vazio.

Novidade da convocação, Lucas Leiva também foi testado por Felipão. Ele entrou juntamente com Hernanes aos 22min nos lugares de Luiz Gustavo e Paulinho . O jogador do Liverpool deve disputar uma vaga no plantel com Fernado, preterido na última chamada.

O placar adverso conteve a violência sul-coreana. E Felipão aproveitou o fim do jogo para fazer algumas mexidas. Oscar foi substituído aos 32 min por Bernard. Maxwell também teve chance de jogar alguns minutos na lateral esquerda. Os dois não tiveram tempo de mostrar alguma coisa.

Fonte: r7