Seleção chega a San José, na Costa Rica, para jogo de sexta

Seleção chega a San José, na Costa Rica, para jogo de sexta

Estrelas máximas do atual time de Mano Menezes, os atacantes de Flamengo e Santos, respectivamente, foram os mais assediados

Parte da Seleção Brasileira já está em San José, na Costa Rica, para o amistoso da próxima sexta-feira, às 23h (de Brasília), contra a seleção local. No início da tarde desta segunda-feira chegaram à cidade a comissão técnica e sete jogadores que atuam no Brasil. Entre eles Ronaldinho Gaúcho e Neymar.

Estrelas máximas do atual time de Mano Menezes, os atacantes de Flamengo e Santos, respectivamente, foram os mais assediados. Tanto na chegada ao aeroporto da capital costa-riquenha como no hotel onde a delegação ficará concentrada. Neymar até brincou com os companheiros.

- A recepção foi calorosa. Eu até perguntei ao pessoal se estávamos em Belém ? declarou o santista, que distribuiu autógrafos e tirou fotos com fãs.



Na semana passada, em Belém, para a partida contra a Argentina, pelo Superclássico das Américas, Neymar foi a principal estrela. Uma multidão de garotas ficou berrando na porta do hotel durante os dias em que a Seleção esteve lá. No estádio, muitas delas arremessaram presentes e cartas ao ídolo.

Nesta Seleção, quem divide esse posto com Neymar é Ronaldinho Gaúcho. O craque do Flamengo está pela primeira vez na Costa Rica.

- Ainda não tinha vindo para cá. Fico feliz com essa recepção, porque agora no Brasil temos uma garotada boa e um pessoal já consagrado ? finalizou Gaúcho.

Na mesma barca de Ronaldinho e Neymar estavam Réver, do Atlético-MG, Dedé, do Vasco, Lucas, do São Paulo, Oscar, do Internacional, e Fred, do Fluminense. O goleiro Jefferson, do Botafogo, e o volante Ralf, do Corinthians, substituto do cortado Sandro, chegam a San José na terça-feira.

O primeiro grupo de jogadores que atuam na Europa chegou no fim da tarde em San José, noite desta segunda-feira no Brasil. O primeiro treinamento será na terça-feira, às 22h (de Brasília).

Fonte: GloboEsporte