Seleção da Espanha vai receber R$ 54,5 milhões pela conquista da Copa do Mundo

Seleção da Espanha vai receber R$ 54,5 milhões pela conquista da Copa do Mundo

De acordo com análise da Crowe Horwath RCS, valor é 54% superior do que o recebido pelo Itália em 2006. Premiação em 2014 será ainda maior

Se os críticos cobraram da Espanha por ter feito poucos gols na Copa do Mundo, ao menos não poderão reclamar da premiação. Com a vitória sobre a Holanda por 1 a 0, no último domingo, em Joanesburgo, a Fúria não só levantou o inédito caneco, como também encheu os cofres de dinheiro: US$ 31 milhões (cerca de R$ 54,5 mi). Os dados são de acordo com análise da empresa Crowe Horwath RCS.

O valor é o maior recebido por um campeão na história dos Mundiais. Em 2006, por exemplo, a Itália levou US$ 20,1 milhões, o equivalente a pouco mais de R$ 35 milhões. A Holanda, atual vice, faturou US$ 25 milhões (R$ 43,9 mi), enquanto a França, há quatro anos, ganhou US$ 18,5 milhões (R$ 32,5 mi). Já a Coreia do Norte, última colocada, irá receber US$ 9 milhões (15,8 mi), nada menos do que 64% a mais do que a Sérvia e Montenegro, lanterna de 2006.

A evolução é de 54% à premiação da final e de 61% em relação a todo o campeonato. Comparado à Copa de 2002, o crescimento é de incríveis 173%. E a previsão é de que as cifras continuem subindo, pois em 2014, no Brasil, a expectativa é de que haja um incremento de 8% das premiações.

Os clubes também não ficaram de mãos atadas.A Fifa criou uma distribuição para 2010 de US$ 40 milhões (R$ 70,3 mi) para todos os times que cederam atletas para o Mundial. Esse valor representa o equivalente a US$ 1,6 mil (R$ 2,8 mil) por dia para cada jogador das 32 seleções. Em 2010, a entidade também estipulou em US$ 1 milhão (R$ 1,75 mi) o valor para a preparação dos países. Em 2006, a ?ajuda? foi de US$ 800 mil (R$ 1,4 mi).

Fonte: g1, www.g1.com.br