Seleção realiza sonho de deficientes em CT

Seleção realiza sonho de deficientes em CT

Professora levou alunos portadores de necessidades especiais ao CT do Caju

O primeiro treino com bola da seleção brasileira, na manhã desta terça-feira no centro de treinamento do Atlético-PR, foi marcado pela presença de mais de 500 torcedores, e principalmente por um grupo de 50 crianças com deficiência auditiva, que tiveram a oportunidade de abraçar os ídolos no meio do gramado.

Os alunos, com idades de três a 13 anos, do Centrau (Centro de Reabilitação e Treinamento Auditivo) ficaram em um local privilegiado para assistir o treino e demonstraram toda a felicidade de ver de pertos os jogadores.

De acordo com a professora Heloísa Fernanda Barbosa, a escola trabalhou com as crianças temas relacionados com a Copa do Mundo, como mapas do continente africano e aspectos esportivos.

Depois de tanto falar sobre o assunto nas salas de aula, a direção e as professoras da escola decidiram arriscar uma viagem até o CT do Caju - um passeio de 30 km, já que a escola fica em Tarumã - sem qualquer expectativa de um encontro de perto com os atletas.

Mas ao perceber a presença das crianças portadoras de necessidades especiais, a assessoria de imprensa da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) reservou um espaço ao lado do campo para os alunos e as professoras.

Ao fim do treino, as crianças, que incluíam estudantes do Jardim I até a quarta série do ensino fundamental, foram encaminhadas até o centro do gramado usado para o treino e puderam abraçar e tirar fotos com os jogadores, além do técnico Dunga e do auxiliar Jorginho.

Muito animadas, elas não esconderam a preferência por dois jogadores: Robinho e Kaká, que não participou no treino, já que se recupera de lesão e permaneceu na sala de musculação durante toda a manhã.

Ao ser questionada sobre o impacto do encontro para as crianças, a professora Heloísa não escondeu a satisfação: "Valeu muito a pena. O problema agora vai ser acalmar as crianças", declarou.

Após o treino da manhã, a seleção deve voltar ao gramado na parte da tarde para uma nova atividade física. Na quarta-feira, a seleção viaja para Brasília, onde se encontra com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, antes de embarcar para Johannesburgo.

O Brasil estreia na Copa do Mundo no dia 15 de junho contra a Coreia do Norte, mas antes deve disputar dois amistosos, nos dias 2 e 7, contra Tanzânia e Zimbábue.

Fonte: IG