Seleção vence Suécia por 3x0 com gols de Pato e Damião e alivia pressão sobre Mano

Seleção vence Suécia por 3x0 com gols de Pato e Damião e alivia pressão sobre Mano

Com gols de Leandro Damião e Alexandre Pato (dois) e boa atuação de Neymar, a seleção superou os donos da casa

O Brasil venceu com facilidade a Suécia no primeiro amistoso após fracassar na Olimpíada de Londres. Com gols de Leandro Damião e Alexandre Pato (dois) e boa atuação de Neymar, a seleção superou os donos da casa, fregueses históricos, por 3 a 0, no jogo que marcou a despedida do estádio Rasunda, palco da final do Mundial de 1958.

A vitória sobre um adversário de baixa qualidade técnica dá novo fôlego e alivia a pressão sobre o técnico Mano Menezes, que viu seu trabalho ser duramente questionado após derrota para o México no último sábado.

Mesmo antes da partida, porém, o técnico havia recebido apoio público do presidente da CBF José Maria Marin e do diretor de seleções Andrés Sanchez.

Sob os olhares de Pelé, Pepe e outros participantes do primeiro título mundial brasileiro, a seleção envolveu seus frágeis adversários desde o começo do jogo e foi pouco ameaçada.

A entrada de jogadores experientes na equipe deu mais segurança ao setor defensivo, cujo desequilíbrio foi apontado como o principal motivo da perda do ouro olímpico.

David Luiz, Daniel Alves e os volantes Ramires e Paulinho, que não participaram da campanha em Londres, foram titulares no Rasunda e permitiram ao jovem setor ofensivo atacar sem muita preocupação na retaguarda. Neymar esteve mais aceso, flutuando por todos os lados do ataque e criou as principais chances brasileiras.

O gol que abriu o placar, aliás, pode ser bastante creditado a ele, apesar de ter sido Leandro Damião quem empurrou a bola às redes suecas. O santista criou a jogada pela esquerda da intermediária sueca e cruzou na cabeça do camisa 9, que só tocou para o gol.

Com a ausência do atacante Ibrahimovic, que sentiu uma lesão e foi vetado do jogo, os suecos tinham poucas opções ofensivas. As melhores jogadas da equipe da casa aconteceram nos minutos imediatamente após o gol inicial, mas foram neutralizadas pela defesa brasileira.

No segundo tempo, o Brasil criou outras oportunidades, e jogo aconteceu quase todo no campo de defesa da Suécia. Os brasileiros erravam, porém, o ultimo passe ou a finalização.

Na segunda parte da etapa final, Mano resolveu usar os jogadores que convocou e começaram com reservas. Lucas, Dedé, Hulk e Alexandre Pato entraram. O paranaense, aliás, movimentou bastante o jogo e fez dois gols nos últimos minutos: um de cabeça e outro de pênalti.

Depois do segundo gol do jogo, os suecos se desesperaram e facilitaram ainda mais o trabalho do Brasil.

A seleção agora vai entrar em um hiato de partidas e só entrará em campo de novo no dia 15 de outubro, para quando está agendado um amistoso contra o Japão. Será a milésima apresentação da história da seleção brasileira. Resta saber se Mano Menezes ainda estará no comando da equipe.

SUÉCIA x BRASIL

Data: quarta-feira, 15 de junho de 2012

Local: Estádio Rasunda, Estocolmo (Suécia)

Cartões amarelo: Thiago Silva, Larsson

Gols: Leandro Damião, aos 32min do 1º tempo e Pato (dois)

SUÉCIA

Isaksson; Larsson, Granqvist, Olsson e Safari; Wernbloom, Holmen, Elm (Svensson) e Wilhelmsson (Kacaniklic); Berg (Husén) e Toivonen

Técnico: Erik Hamren

BRASIL

Gabriel; Daniel Alves, Thiago Silva, David Luiz (Dedé) e Alex Sandro; Rômulo, Paulinho, Ramires e Oscar (Hulk); Neymar (Lucas) e Leandro Damião (Alexandre Pato)

Técnico: Mano Menezes

Fonte: UOL