Sem "bater de frente" com os jogadores, Andrade perde conceito e pode sair

Métodos do treinador em 2010 não agradam diretoria do Flamengo

As próximas 24 horas vão selar o destino do técnico Andrade no Flamengo. A derrota para o Botafogo por 2 a 1 neste domingo ligou o sinal de alerta em alguns integrantes da diretoria do clube. Mesmo a três dias da partida decisiva contra o Caracas pela Libertadores, a saída do treinador campeão brasileiro não está descartada. Há um certo temor de que o ambiente após perda do título da Taça Rio possa piorar de vez.

Pesam contra Andrade, na opinião dos dirigentes, a falta de pulso para manter algumas decisões, como por exemplo a barração definitiva de Petkovic, e principalmente a ausência de trabalhos táticos nas últimas semanas.

Outro ponto que vem incomodando é a postura centralizadora do treinador. Na temporada passada, por exemplo, a forma democrática dele trabalhar, ouvindo vários membros da comissão técnica foi muito elogiada. Questionado na entrevista coletiva no Maracanã, Andrade não parecia preocupado com uma possível demissão

Fonte: Globo Esporte