Sem festa nem torcida: Corinthians fará apresentação de Pato no CT

Sem festa nem torcida: Corinthians fará apresentação de Pato no CT

Clube cogita cerimônia no novo estádio em Itaquera, mas prefere usar estrutura do centro de treinamento para apresentar o camisa 7

O atacante Alexandre Pato não tem data marcada para sua apresentação, mas o Corinthians já adianta que não fará uma grande festa. Nada de sirene ou festa no gramado do Parque São Jorge. Sem a presença da torcida e de forma mais discreta, a primeira entrevista coletiva de Pato será no CT Joaquim Grava. O clube espera a chegada do jogador ao Brasil para definir o dia da cerimônia.

A primeira opção seria um evento no novo estádio do Timão, em Itaquera, mas o clube desistiu depois de ver que o local não reuniria condições ideais ? está em fase de obras e dificultaria o deslocamento das pessoas envolvidas na apresentação de Pato. A possibilidade de chuva também era um temor.

O Corinthians diz não ter certeza da data de chegada do reforço, já que ele resolve detalhes de sua mudança para São Paulo. O empresário Gilmar Veloz acredita que Pato chegará no Brasil entre quinta e sexta, mas avisou que o jogador está em contato direto com o clube. A diretoria alvinegra espera esse contato para se organizar em relação ao desembarque do atacante.

? Ele tem algumas coisas a resolver, foram quase seis anos na Itália. Por isso, aguardamos para saber a logística correta dele ? informou o diretor de futebol Roberto de Andrade.

Pato chegará ao Corinthians sem o alarde de grandes contratações recentes, apesar de ter custado ? 15 milhões (mais de R$ 40 milhões) aos cofres alvinegros. O clube preferiu preservar um pouco mais o jogador, já que ele vem de uma sequência de lesões e precisa trabalhar bem para estar à disposição do técnico Tite na Taça Libertadores.

Os exemplos mais recentes são de Ronaldo e Roberto Carlos, apresentados no gramado do Parque São Jorge e com presença maciça de torcedores nas arquibancadas. Alguns anos antes, Tevez chegou com status de ídolo e teve direito a uma apresentação de gala no salão nobre da sede do Corinthians.

No fim de 2008, Ronaldo foi o responsável por fazer o clube reintroduzir um costume que tinha no passado: a cada nova contratação, uma sirene soava no Parque São Jorge para anunciar que um reforço estava na área. A exceção foi aberta pelo ex-presidente Andrés Sanches, após apelos de torcedores e conselheiros.

Fonte: GloboEsporte.com