Corinthians terá elenco completo em jogo contra o Figueirense

Corinthians terá elenco completo em jogo contra o Figueirense

Com opções de sobra, o meia Alex não está garantido entre os titulares contra o Figueirense

Chegar na penúltima partida do Campeonato Brasileiro na liderança, com dois pontos de vantagem em relação ao segundo colocado e ainda poder contar com todos os jogadores para montar sua equipe deixa o técnico do Corinthians, Tite, animado nesta reta final da competição.

- É bom e é muito importante. Mais do que estar com o departamento médico vazio, também teremos tempo para melhorar os demais. Hoje o grupo todo estava cansado e o processo de recuperação é mais lento. Temos que aproveitar para arredondar esses aspectos. Vamos ter uma semana para deixar o Chicão e o Jorge Henrique em condições totais de jogo - explicou Tite, que prepara o elenco para o duelo com o Figueirense, neste domingo, às 17h, em Florianópolis.

O zagueiro Chicão e o atacante Jorge Henrique não foram relacionados para a partida diante do Atlético-MG por não reunirem condições físicas, já que recentemente sofreram lesões e ficaram em tratamento. Apesar de estarem recuperados, os dois jogadores, que perderam espaço entre os titulares, terão que mostrar trabalho para arrumar uma vaga no banco de reservas.

- Se tiver pepino para escalar, o técnico tem que se virar, o problema é meu. Se ganhar será ótimo. Se perder vão dizer que outro jogador seria melhor - brincou Tite.

Com opções de sobra, o meia Alex não está garantido entre os titulares contra o Figueirense. Na vitória em cima do Atlético-MG, ele começou no banco e depois entrou no lugar do atacante Willian.

- A gente quer chegar no final com os atletas bem em condição física. O Alex voltou, sentiu e teve que sair. Que todos estejam bem nesse momento decisivo - disse Tite. Nas últimas cinco partidas do Corinthians, o camisa 12 atuou apenas alguns minutos contra o América-MG, quando saiu machucado, e no último domingo contra o Galo.

Durante a temporada, o Timão sofreu com jogadores lesionados em momentos importantes da disputa. Ficou sem peças consideradas fundamentais como meia Alex e os atacantes Emerson Sheik e Liedson, artilheiro do time na temporada. Apesar desses problemas, se manteve na briga e não se distanciou do topo da tabela.

Em determinadas partidas, Tite foi obrigado a levar Adriano para compor o banco de reservas, mesmo sabendo que o Imperador ainda estava longe de apresentar uma condição física ideal. Na vitória contra o Atlético-GO e na derrota para o Botafogo o atacante entrou, mas pouco acrescentou à equipe.

Fonte: Globo, www.globo.com