Sem Messi, Neymar vira centro das atenções contra Celtic na Liga hoje

Brasileiro terá a missão de guiar o Barça em busca da segunda vitória na Champions.

Chegou a hora de Neymar. Com Messi lesionado e ausente por um período que pode durar até três semanas, o brasileiro será o protagonista do Barcelona no duelo desta terça-feira contra o Celtic, pela segunda rodada do Grupo H da Liga dos Campeões. Das coletivas de imprensa do técnico Tata Martino e do meia Fàbregas, à chegada da delegação a Glasgow, na Escócia, tudo está girando em torno do ex-santista. O jornal "Mundo Deportivo" destaca: "o camisa 11 aceita o desafio e está pronto para assumir a liderança da equipe".


Sem Messi, Neymar vira centro das atenções contra Celtic na Liga hoje

O atacante poderá desempenhar um papel diferente contra os escoceses. O treinador argentino não descarta utilizá-lo como um "falso nove", jogando mais adiantado. A mudança é uma das possibilidades que Martino tem estudado por causa dos vários desfalques que terá. Além do camisa 10, estão no departamento médico Alba, Mascherano, Puyol, Cuenca e Afellay. Sem opções, Tata teve que convocar dois jogadores do Barça B, Sergi Gómez e Patric.

No Celtic, há uma vibração pela ausência de Messi. Neymar é elogiado, mas ainda não parece causar o mesmo temor que o companheiro argentino. O técnico Neil Lennon não espera ver o brasuca trabalhando em uma função diferente da que vem apresentando desde que passou a estar mais acessível aos olhos dos europeus.

- Ele é muito diferente de Messi. Neymar joga pela esquerda, mas no momento não é comparável a Messi. O único com quem ele pode ser comparado agora é Cristiano Ronaldo.

O retorno do Barcelona a Glasgow rende boas recordações aos torcedores do Celtic. Na temporada passada, também pela fase de grupos, o Alviverde venceu os catalães por 2 a 1, um dia antes da comemoração dos 125 anos do clube. Um belo presente que se tornou um dos dias mais memoráveis da história da equipe. A vantagem do Barça contra o adversário desta terça não é tão grande nas competições europeias. Em oito confrontos, são quatro vitórias, dois empates e duas derrotas.

O Celtic venceu sete das últimas nove partidas em casa em compromissos internacionais, com apenas uma derrota. Na atual campanha da Champions, o time já disputou três jogos no Celtic Park e ainda não sofreu gols. O Barcelona não costuma ter muito sucesso na Escócia. Ao todo são três derrotas, um empate e duas vitórias.

No outro jogo do Grupo H, o Ajax receberá o Milan. Os holandeses foram goleados por 4 a 0 pelo Barça na estreia, e os italianos venceram o Celtic por 2 a 0 no San Siro. Os Rossoneri poderão contar com Balotelli, que cumpre suspensão de três jogos na Itália, mas está livre para jogar partidas europeias. As principais ausências são as de Kaká e El Shaarawy. O adversário não poderá utilizar o atacante Bojan, que teve uma rápida passagem pelo Rubro-Negro na temporada passada.

Frank de Boer estreou como técnico interino do Ajax contra o Milan, além de ter sido campeão da Liga dos Campeões com a equipe como jogador vencendo o time italiano na decisão em 1995. Para o jogo desta terça, o comandante pede atenção especial a Balotelli, fazendo uma surpreendente comparação:

- Messi é um jogador que pode decidir uma partida e Balotelli é o mesmo. Balotelli é um jogador fantástico e a seu lado estão jogadores que também podem fazer a diferença.

Fonte: GloboEsporte