"Sem moral", Ronaldo volta a reclamar da concentração

"Sem moral", Ronaldo volta a reclamar da concentração

Chegada de um amigo ao elenco comandado por Mano Menezes também não facilitou o dia a dia do atacante

Os apelos que Ronaldo fez no ano passado pelo fim do confinamento dos jogadores durante a temporada não surtiram efeito. Concentrado a contragosto em Itu, interior de São Paulo, o atacante do Corinthians brincou com a situação na tarde desta terça-feira. "Eu estava morrendo de saudades daqui. Perceberam a moral que eu tenho, né?", gargalhou, ironicamente.

Mesmo quando falava sobre outro assunto, Ronaldo lembrava do período de reclusão na pré-temporada corintiana. "Prefiro mil vezes jogar a treinar em Itu", disse, sobre a sua expectativa de estrear em 2010, contra o Bragantino, na noite de quarta-feira.

A chegada de um amigo ao elenco comandado por Mano Menezes também não facilitou o dia a dia do atacante, fã de música eletrônica. "O Roberto Carlos só ouve sertanejo! Eu adoro o Roberto, tenho amigos sertanejos, mas ele está fazendo com que a minha vivência em Itu seja pior ainda!", brincou.

Ronaldo já sabia que não escaparia da concentração do Corinthians em janeiro. Mano Menezes considera o expediente fundamental para o seu planejamento. "Essa preparação é muito importante para o ano inteiro, mas não muda a característica do jogador. Não vou sair correndo e marcando, pois nunca fui assim. Além de estar bem fisicamente, preciso corresponder com gols e vitórias", concordou, em parte, o camisa 9.

Fonte: Terra, www.terra.com.br