Sem Ronaldinho, Fla aposta em Thiago Neves e Felipe

O Flamengo enfrenta o Horizonte nesta quarta-feira para seguir vivo na Copa do Brasil.

Nesta quarta-feira, às 21h50, no estádio Domingão, interior do Ceará, o Flamengo enfrenta o Horizonte para seguir vivo na Copa do Brasil. Com o empate em 1 a 1 na partida de ida pelas oitavas de final, o Rubro-Negro precisa de uma vitória simples ou empate a partir de dois gols para se classificar. Se o placar do primeiro jogo for repetido, o duelo irá para os pênaltis.

Sem Ronaldinho, com um edema ósseo no joelho esquerdo, o time do técnico Vanderlei Luxemburgo terá de superar o adversário e um estádio acanhado antes de pensar na decisão da Taça Rio, contra o Vasco, no domingo. Para isso, a confiança está depositada especialmente em dois jogadores: o goleiro Felipe e o meia Thiago Neves.



O primeiro foi o personagem da classificação sobre o Fluminense no último fim de semana ao defender dois pênaltis. Depois, acabou protagonizando um episódio polêmico no twitter, mas se desculpou com os torcedores de Fluminense e Vasco. O papel do camisa 1 será importantíssimo. Se Felipe passar os 90 minutos sem sofrer gol, basta o ataque funcionar para o Flamengo deixar a sua classificação bem encaminhada.

E, para que isso aconteça, Thiago Neves é o nome mais indicado na ausência de Ronaldinho. Artilheiro do time na temporada, com sete gols, dos seus pés devem sair as principais oportunidades de gols do Rubro-Negro.

"O Ronaldo faz muita falta, mas temos jogadores que podem ajudar. Contra o Fluminense foi assim. Acho que o Flamengo vai fazer uma boa partida. Será mais um jogo complicado, pois o time deles tem muita qualidade. Não jogamos bem na primeira partida, mas esperamos conseguir a classificação", afirmou o meia.

Vanderlei Luxemburgo não deu pistas sobre a escalação do Flamengo. Além de Ronaldinho, o treinador também não pode contar com Léo Moura, recuperando-se de uma lesão no ligamento colateral medial do joelho direito. O lateral Galhardo será titular. No ataque, a tendência é a de que Luxa mantenha Diego Maurício. As dúvidas ficam em relação ao volante Fernando, que pode ceder lugar ao argentino Bottinelli. Deivid também pode entrar na vaga de Wanderley.

"O nosso planejamento é fazer gol, não sofrer. Temos uma oportunidade de seguir na competição e vamos lutar por ela, assim como vamos tentar vencer o estadual. Mas agora o nosso pensamento é apenas na Copa do Brasil", comentou o goleiro Felipe.

Pelo lado do Horizonte, o discurso de que o time chegou a uma posição jamais alcançada fez parte dos últimos dias. No entanto, isso não quer dizer que o clube não deseja a sua vaga nas quartas de final.

"Temos condições de passar. Estamos preparados e esperamos que seja o nosso dia. Se não acontecer já vale pela posição que alcançamos na competição", disse o técnico Roberto Carlos.

HORIZONTE-CE x FLAMENGO

Data: 27/4/2011 (quarta-feira)

Felipe; Galhardo, Welinton, David e Rodrigo Alvim; Fernando (Bottinelli), Willians, Renato e Thiago Neves; Diego Maurício e Wandeley (Deivid).

Técnico: Vanderlei Luxemburgo.

Fonte: UOL