Série "fraca"  dá esperança aos corintianos

Série "fraca" dá esperança aos corintianos

Timão terá sequência de jogos teoricamente mais fáceis que Fluminense e Cruzeiro

Sem vencer há três partidas no Brasileirão, o Corinthians, ao menos, contou com a sorte nesta última rodada. Isso porque Fluminense e Cruzeiro também não triunfaram e o Timão ficou livre de ver o Tricolor disparar na ponta e a Raposa roubar o segundo lugar. Agora, para reencontrar o caminho das vitórias, o elenco aposta em sequência mais fraca que a dos rivais diretos pela liderança.

As fotos da rodada deste sábado (2)

A classificação do Brasileirão

As três próximas rodadas serão contra clubes que estão na parte inferior da tabela. Os adversários serão Atlético-MG (Sete Lagoas-MG), Atlético-GO (Pacaembu) e Guarani (Campinas). Antes do duelo contra o Bugre, a equipe fará o jogo diante do Vasco, em São Januário, adiado da 18ª rodada.

A série, teoricamente mais fácil, surge em momento ideal na competição para o vice-líder com 49 pontos. O sofrido empate por 2 a 2 com o Ceará, sábado (2), em São Paulo, mostrou um time sem confiança e que por pouco não viu o Fluminense abrir cinco pontos de vantagem.

Isso porque o líder da competição com 52 pontos, depois de fazer 1 a 0 e perder muitos gols, cedeu o empate ao lanterna Grêmio Prudente, fora de casa, e desperdiçou excelente oportunidade de conseguir uma folga na tabela antes da sequência que terá pela frente.

Os próximos quatro duelos que disputará serão diante de clubes que almejam o título ou ao menos vaga na Libertadores. São eles Santos (Rio), Cruzeiro (Minas), Botafogo (Rio) e Atlético-PR (Curitiba).

Jogos mais ?encardidos? que os do Corinthians também terá o Cruzeiro, terceiro colocado com 48 pontos. Em casa, a equipe empatou sem gols com o Atlético-PR, para desespero de sua torcida, que vislumbrava o avanço para a segunda posição.

Agora, o time celeste, 48 pontos, enfrentará, nesta quarta-feira (6), o ameaçado Goiás no Serra Dourada. Depois, três compromissos para lá de complicados, contra Fluminense (Minas), Grêmio (melhor time do segundo turno, em Porto Alegre) e o clássico com o Atlético-MG.

Internacional vibra com tropeços

Um pouco mais atrás do trio vem o Internacional, grande beneficiado da rodada repleta de empates. Com o triunfo diante do Guarani, a equipe colorada, que também tem um jogo a menos, baixou para oito pontos a distância do Fluminense.

Mas se o Inter foi bem, Santos e Botafogo voltaram a vacilar. Na Vila Belmiro, o Peixe empatou com o Palmeiras, que teve sua ascensão interrompida. Já no Engenhão, o Alvinegro chegou a seis jogos sem vencer ao ficar no 1 a 1 com o rival Flamengo, que não conseguiu isolar a crise e continua ameaçado pelo descenso.

Rebaixamento é algo que também preocupa o Atlético-MG. Mas, ao menos, o Galo ganhou novo ânimo ao vencer de virada o Atlético-GO no Serra Dourada, por 3 a 2. Já o Avaí voltou a patinar em casa e só empatou com o irregular São Paulo.

Fechando a rodada, em Porto Alegre o Grêmio venceu mais uma ao bater o Vitória. O time comandando por Renato Gaúcho subiu para o oitavo lugar, com 39 pontos, enquanto os baianos, com 31, não conseguem abrir folga da zona do rebaixamento.

Fonte: R7, www.r7.com