Flamengo toma virada do Guarani no fim

Guarani conseguiu virada nos minutos finais e se distanciou da zona do rebaixamento

O Guarani recebeu o Flamengo neste domingo, no Estádio Brinco de Ouro da Princesa, pela 17ª rodada do Campeonato Brasileiro, tentando encerrar a série de três rodadas sem vitória para se afastar da zona do rebaixamento. Num jogo decidido nos acréscimos, o Guarani virou e venceu o Flamengo por 2 a 1, com dois gols em três minutos.

A equipe carioca foi comandada pelo interino Toninho Barroso, mas teve a presença do técnico Silas nas tribunas do estádio. O ex-treinador do Grêmio foi contratado neste domingo e já acompanhou a partida do time rubro-negro.

Com o resultado, o time da casa chegou aos 23 pontos e é o décimo colocado, se distanciando das últimas posições. O Flamengo, por sua vez, permanece com 21, ocupando provisoriamente o 12º posto, já que ainda pode ser ultrapassado no complemento da rodada.

O primeiro tempo foi corrido, mas sem muita criatividade, o que levou a poucas oportunidades de gol. O primeiro lance de perigo foi aos 11min, com Diogo. O atacante bateu de fora da área, rasteiro, no canto direito de Emerson, que se esticou e mandou para escanteio.

Aos 32min, o time da casa respondeu com Mário Lúcio. O jogador recebeu com liberdade e avançou, entrou na grande área pelo lado esquerdo e tentou um chute cruzado no ângulo direito, mas a bola subiu muito.

No minuto seguinte houve um lance polêmico. Mazola foi lançado, o goleiro Marcelo Lomba tentou antecipar e acabou derrubando o atacante, que caiu dentro da área. Os jogadores do Guarani reclamaram pênalti, mas o árbitro marcou falta na entrada da área e apenas amarelou o arqueiro, que era o último homem. Na cobrança, Baiano mandou por cima.

Quando o jogo caminhava para o intervalo, o Flamengo achou seu gol. Em cobrança de escanteio pelo lado esquerdo, Jean subiu sozinho no meio da área e testou para o fundo do gol, aos 47min.

A segunda etapa seguiu da mesma forma que a inicial. Muita movimentação, mas com pouca efetividade. Aos 17min, os visitantes quase ampliaram. Renato e Juan fizeram boa jogada pelo lado esquerdo e o lateral recebeu na linha de fundo. Com calma, Juan cruzou no segundo pau para Val Baiano, sem marcação, mas o atacante mandou para fora.

Aos 33min, o Guarani teve grande oportunidade para igualar o marcador. Ricardo Xavier recebeu passe na grande área e foi derrubado por Galhardo. O próprio Xavier foi para a cobrança. O atacante chutou rasteiro no canto direito de Lomba, que fez a defesa com os pés.

Aos 38min, foi a vez o Flamengo desperdiçar chance incrível. Petkovic deu um lindo passe para Val Baiano, na entrada da área, livre de marcação. O atacante se atrapalhou no domínio e, na saída do goleiro, tentou dar um toque por cima, mas exagerou na força e mandou para fora.

Depois deste lance, o time rubro-negro procurou tocar a bola para administrar o resultado, e o Guarani partiu para a pressão. O jogo caminhava para o final, quando a equipe campineira surpreendeu e conseguiu a virada.

Aos 45min, em cobrança de escanteio pelo lado direito, Ailson subiu mais alto que o marcador e cabeceou no canto esquerdo de Lomba, que não conseguiu fazer a defesa.

A torcida ainda comemorava o empate no final quando, aos 47min, Reinaldo recebeu passe na entrada da área, pelo lado direito, e acertou um chute forte no canto direito, virando a partida para o Guarani.

Fonte: Terra, www.terra.com.br