Solicitações de ingressos para a Copa passam de 200 mil em 5 horas,diz Fifa

Fifa divulga números dos pedidos da nova fase de pedido de bilhetes para a Copa do Mundo de 2014. Brasil tem o maior número de solicitações com 143.08

A Fifa anunciou no início da tarde desta quarta-feira que foram alocados 203.330 ingressos para a Copa do Mundo em apenas cinco horas após de abertura dos pedidos no site oficial da entidade. Como desde o início da comercialização, o Brasil foi o país que teve mais solicitações (143.085) e foi seguido por Estados Unidos (16.059), Austrália (5.357), Colômbia (4.574) e Argentina (3.800).

Segundo o comunicado, os torcedores podem conferir a disponibilidade de ingressos por partida no gráfico no site da Fifa, que é constantemente atualizado. Este período de vendas está previsto para durar até o dia 01 abril de 2014. A entidade máxima do futebol ainda fez questão de lembrar que "todos os espectadores, inclusive crianças de todas as idades, necessitam de um ingresso para entrar no estádio e que o Fifa.com é a única plataforma de vendas de bilhetes online para a Copa do Mundo".

A nova fase de venda, que disponibilizou cerca de 345 mil ingressos, começou às 8 horas (de Brasília) desta quarta-feira e foi marcada pela demora causada pela alta procura. Logo que entrava no site, o torcedor era levado para uma "fila virtual", que chegou a durar para algumas pessoas mais de uma hora. Nas redes sociais, muita gente reclamou do sistema adotado pela Fifa. Contudo, a entidade, através de sua assessoria de imprensa, garantiu que tudo "funcionou bem" e que a longa espera foi justamente pelo número de pedidos vindos de todo o mundo.

Após esta fase de compra por ordem de chegadas, os torcedores que pretendem assistir aos jogos do Mundial terão apenas mais uma chance: a venda de última hora, programada pela Fifa para ocorrer a partir de 15 de abril até o fim do torneio. Tal período também será de venda por ordem de chegada e ocorrerá através do site oficial da entidade e nos centros de venda de ingressos espalhados pelas 12 cidades-sede.

Fonte: GloboEsporte.com