"Sou treinador, não Harry Potter", diz técnico

Comandante pede calma para reerguer o clube e cita coincidência para animar torcida



O técnico José Mourinho, do Real Madrid, já começou a sofrer com a pressão por resultados na equipe merengue. Depois de ter apenas empatado na estreia do Campeonato Espanhol contra o Mallorca, o comandante afirmou que não é mágico e que os ajustes precisam de tempo para surtirem efeito.

Em entrevista ao diário espanhol As, o treinador lembrou-se de uma coincidência para estimular os torcedores.

- Veja só, vou dizer uma coisa aos supersticiosos: na minha carreira no Porto e na Inter, comecei com empates. No Porto, ganhei quatro títulos, e na Inter, dois na primeira temporada e três na segunda. Não importa a maneira como você começa, mas, sim, como termina.

O comandante ainda comentou sobre os resultados negativos que os principais clubes da Europa tem conseguido.

- As primeiras rodadas sempre são estranhas. O Bayern perdeu, a Inter empatou, a Juventus perdeu, o Manchester United só empatou com o Fulham, o City perdeu...

O treinador falou também que não é tão simples fazer uma mudança no estilo de jogo da equipe e que isto leva tempo.

- Eu sou treinador, e não o Harry Potter. Ele é mágico, mas na vida real não existe magia. A magia é ficção e eu vivo de futebol, que é real. Só tenho dois meses de Real Madrid e fiz quarenta treinos. Entretanto, sabe em quanto destes treinos eu tive a equipe completa? Nem dez. Repito: nem dez! Por isso, o mais fácil para mim seria manter o estilo de jogo, mas o resultado seria enganoso. Não é o que eu quero.

Apesar de dizer que não gosta de envolvimento em seu trabalho, ele não quis dizer que manda no clube, como fez Guardiola há algum tempo no Barcelona.

- Quem manda no clube é o Florentino Pérez. Eu mando em meu vestiário. Ninguém vai decidir se jogo no 4-3-3 ou no 4-2-3-1, mas meu vestiário é o clube. Sou pequeno dentro do Real Madrid.

Fonte: R7, www.r7.com